domingo, 19 de fevereiro de 2012

Maravilha Capela Sistina de Michelangelo

"Não há como explicar a existência do gênio. É preferível apreciá-lo."
Ernst Hans Josef Gombrich (Viena, 30 de março de 1909 — Londres, 3 de novembro de 2001, um dos mais célebres historiadores da arte do século XX)
Guia de Turismo: visite a capela sistina com uma guia que fala portugues!
Criação de Adão, foto público domínio

Reserve seu tour personalizado com guia privativa que fala português o quanto antes! Email para patcarmobaltazar arroba gmail.com

Sibila Eritrea, Michelangelo, Afersco Capela Sistina


A capela Sistina foi construída por Giovanni de’ Dolci (sobre um desenho de Baccio Pontelli)  por ordem de Sisto IV della Rovere (1471-1484) e tem as proporções do Antigo Templo de Salomão, destruido pelos romanos liderados pelo Imperador Tito no ano 70.

Afresco Michelangelo, Profeta Daniel, CApela Sistina
Profeta Daniel, antes e depois do restauro da Capela Sistina.
 Di Michelangelo Buonarroti - Webgallery of art, Bartz and Konig, "Michelangelo", Pubblico dominio, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=1602627

Naquela tarde de outuno de 1507, um dos maiores escultores do Renascimento, Michelangelo Buonarotti, se sentia triste e desapontado com a última notícia que tinha recebido do Papa Julio II de ter que interromper o maciço monumento funerário deste Papa (ver post sobre San Pietro in Vincoli). Ele ficou tão chateado, que voltou à Florença para trabalhar em outros serviços na Toscana.

Teto da Capela Sistina, completo

No ano de 1508, o arquiteto Bramante, protegido do Papa Julio II, eventualmente aconselhou o Papa de encarregar o famoso escultor e arquiteto para executar um trabalho de pinturas, dificílissimo e de enormes proporções, a 20m de altura: pintar os 520 m2 do teto arcado da capela privada do papa: a Capela Sistina.

Ambiente, Capela Sistina com visão para o Juizo Final do Michelangelo

(FOFOCA) Você precisa saber que sempre existiu muita rixa entre os artistas e arquitetos que trabalharam para os papas. O budget da igreja sempre foi enorme, e o artista (ou arquiteto) “preferido”, trabalhava muito e de conseqüência ganhava prestígio e dinheiro na competitiva sociedade itálica. O Bramante foi um ótimo arquiteto que trabalhou no restauro da “nova” Basílica de São Pedro. Foi ele que propôs o plano em “cruz grega” (4 braços de comprimento igual), posteriormente transformada em “cruz latina” (o braço inferior mais longo do que os outros) por Michelangelo. A sugestão do Bramante de dar este trabalho de pintura a Michelangelo era simplesmente uma grande maldade, pois um escultor tem habilidades notavelmente diferentes de um pintor, que é tudo o que Michelangelo NÃO era; além disto, Bramante queria manter Michelangelo o mais longe possível do monumento funerário do papa. Deste enorme monumento não foi feito mais do que o Moisés, Lia e alguns escravos, que podem ser vistos na igreja de San Pietro in Vincoli (São Pedro Acorrentado). Alguns “prisioneiros” podem ser vistos no Museu do Louvre, e o “Genio della Vittoria” que está no Palazzo Vecchio de Firenze. E aqui a notícia chocante: são todos de alunos de Michelangelo!

Profeta Jonas, Capela Sistina, Michelangelo
Di Michelangelo Buonarroti - English Wikipedia http://en.wikipedia.org/wiki/Image:Sistine_jonah.jpg, Pubblico dominio, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=820319

O pedido feito pelo Papa era de pintar um afresco com os doze apóstolos para substituir o céu estrelado, executado também maestrosamente por Pier Matteo d’Amelia em torno a 1480. Bem, todos nós temos contas para pagar, aluguéis e tal... o nosso grande Michelangelo não fugia à regra. Então, mesmo meio contrariado, ele voltou à Roma. Quando iniciou os trabalhos na Capela Sistina, as paredes tinham pinturas de grandes mestres como Botticelli, Pinturicchio e Ghirlandaio entre outros (ver post: “As Paredes da Capela Sistina”); Michelangelo, num humor bem desanimado, chegou a escrever que tinha a sensação que aquele trabalho viraria “uma coisinha bem mixuruca”... mas iniciou o trabalho. Ele pediu as chaves da capela ao Papa e durante o período em que trabalhou lá, não permitiu a ninguém de entrar. Sempre que o Papa perguntava “E aí, Michelangelo, quando é que você vai acabar os afrescos?”, Michelangelo respondia “Assim que puder”, ele respondia, ironicamente.

Sibila Libica, Michelangelo, Capela Sistina

 Dia 14 de Agosto de 1511, o Papa não agüentava mais de curiosidade e implorou ao Michelangelo para entrar na capela. Quando ele finalmente pode por os pés lá dentro para espiar, quase não pode se conter, tamanha a beleza, grandiosidade e profundidade da execução do trabalho.

Então, vamos lá ver o que ele pintou?

Com muito amor, sempre, para os fiéis leitores do GuiadeRoma.Blogspot.com, aqui o esqueminha feito com as minhas próprias mãos - imprima e leve com você!:

Guia de Turismo: visite a capela sistina com uma guia que fala portugues!
Esquema das pinturas do teto da Capela Sistina no Vaticano

1. Separação entre luz e trevas
2. Deus criando o Sol e a Lua
3. Deus separa Água e Terra e cria a vida nos mares
4. Criação de Adão
5. Criação de Eva
6. Pecado e expulsão do Paríso
7. O Sacrifício de Noé
8. O Dilúvio Universal
9. A embriaguês de Noé
10. Os “ignudi” (jovens nus)
11. profeta Zacarias
12. profeta Joel
13. Sibila Eritréa
14. profeta Ezequiel
15. Sibila Persa
16. profeta Jeremias
17. profeta Jonas
18. símbolo da ressurreição de Cristo
19. profeta Daniel
20. Sibila da Cuméia
21. profeta Iesaia
22. a famosa Sibila Délfica
23. Judite e Holofernes
24. Davi e Golias
25. A punição de Amã
26. Serpente de Bronze
27. Ancestrais de Cristo - famílias de Israel esperando a chegada de Moisés

Veja imagens da Capela no site oficial dos Museus Vaticanos: http://mv.vatican.va/2_IT/pages/CSN/CSN_Main.html

Veja também o filme "Agonia e Êxtase" ( títolo original "The Agony and the Ecstasy", dirigido por Carol Reed) antes de viajar à Roma!

Para compreender Roma são necesessários anos de estudo de arte, arquitetura e arqueologia e outros tantos anos para aprofundar este conhecimento e escrever artigos como este. Escolha uma guia profissional pois ela fará uma grande diferença na sua estadia.
Imagens: Wikimedia
Lembre-se que é proibido fotografar no interior da Capela Sistina.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Leia também sobre o Juízo Final do Michelangelo
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

4 comentários:

  1. Foi fantastico a visita na Capela Sistina com a guia Luiza! Obrigado Patricia por providenciar tudo para que eu e minha familia tivessemos uma aula no Vaticano. Maravilhoso.

    ResponderExcluir
  2. Já imprimi o esquema das pinturas! Adorei a ideia. Nesse link dá para ver a Capela Sistina em 360º http://www.vatican.va/various/cappelle/sistina_vr/index.html
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Que maravilha, Patrícia. Com certeza vai fazer parte do roteiro quando eu for revisitar Roma... Aliás, gostaria de confiar a vc esse roteiro. Este ano tenho uma brechinha em maio e depois só no ano que vem. Mas está meio em cima para que algum(a) amigo(a) tope ir agora. Bjs. Mahima Eliana.

    ResponderExcluir
  4. Pat, apesar de demorar tanto pra deixar um comentário aqui, queria, mais uma vez, te agradecer pelo incrível passeio pela Capela Sistina e pela Basílica! Já estive algumas vezes em Roma, mas nenhuma delas fez tanto sentido como esta. Fez toda a diferença ver toda essa maravilha ouvindo você falar! Não deixe nunca de ser uma eterna apaixonada por Roma, porque tenho certeza que isso faz toda a diferença no seu trabalho, que você faz com tanta maestria. Falo, com certeza, em nome do nosso pequeno grupo! Adoramos! E só voltamos em Roma se você estiver no pedaço... Valeu, Pat!!! Bjs, Dri

    ResponderExcluir