segunda-feira, 2 de março de 2015

Afrescos do período imperial

Muito provavelmente você já se perguntou o porquê da falta de afrescos do período da Roma imperial. As vicissitudes da cidade fizeram com que o pouco que tem, fosse "enterrado" para dar lugar à novos espaços com o crescimento da cidade.


Por isso tanta gente vai à Pompéia Ostia. Quem acompanha o blog ou os posts do Facebook  vê o quanto falo de Ostia, pois é muito perto de Roma e essa zona arqueológica tem a grande vantagem de ainda 'não ter sido descoberta pelas massas', um lugar ótimo para quem gosta de arqueologia.

As casas romanas do Célio
Os queridíssimos Marina e José Carlos 
curtindo os afrescos das Casas Romanas

Em Roma, temos um fantástico sito arqueológico 'meio escondido' na colina chamada Celio,  as "Casas Romanas do Celio", onde podemos saborear um pouquinho de afrescos e pavimentos com mosaicos, mantidos em modo excelente pela instituição que toma conta dele.

As casas romanas do Célio
A famosa sala com a figura do Orante

Este sítio arqueológico foi descoberto no final do século XIX. O último, maravilhoso, restauro, é de 2002.

As casas romanas do Célio, temas pagãos
A sala dos Genios

Aqui moraram dois santos mártires, João e Paulo na segunda metade do IV século.

Coisa muito comum, a casa dos mártires se transformou em um lugar de culto, onde posteriormente surgiu uma basílica, a linda basílica de São João e Paulo.

Chão de pastilhas de antiga casa do período imperial
O pavimento antigo com pastilhas policromáticas

Hoje podemos caminhar pelo interior desta grande residência antiga que até parece um labirinto e admirar afrescos do III século.

No andar inferior da antiga domus tem um pequeno museu com preciosidades encontradas durante o restauro.

Maravilhosos bacini, decoração em cerâmica policromática de campanários
Aqui os bacini, isto é, as inserções originais em cerâmica da decoração do campanário da igreja


Para compreender as cidades italianas e seu patrimônio são necesessários anos de estudo de arte, arquitetura e arqueologia e outros tantos anos para aprofundar este conhecimento e escrever artigos como este. Escolha uma guia profissional pois ela fará uma grande diferença na sua estadia.

De brasileiros para brasileiros na Itália: reserve aqui a sua guia de turismo que fala português.

Endereço:
Clivo di Scauro
Horário: 10.00 às 13.00 e 15.00 às 18.00 
Fecho: 3as e 4as 
Tickets:  inteiro: € 6 e reduzido: € 4

Nenhum comentário:

Postar um comentário