sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Praça de Espanha

Praça de Espanha, Roma

A Praça de Espanha


A Praça de Espanha, com a escadaria da Trinità dei Monti é uma das praças mais famosas de Roma. O nome da praça se refere à embaixada do país ibérico junto à Santa Sede.
No centro da praça tem a Fontana della Barcaccia ("barco feio"), realizada no início do período barroco, esculpida por Pietro Bernini.

Igreja Trindade dos Montes com a Barcacci em primeiro plano

 

Monumentos da Praça de Espanha e história da Praça

 O tema do barquinho que está afundando se refere ao marco de uma das piores inundações do Rio Tevere, onde um barco foi encontrado exatamente onde vemos a escultura hoje. Urbano VIII comissionou esta fontana a Pietro Bernini (o pai do famoso escultor barroco), que é alimentada pelo mesmo aqueduto de Fontana di Trevi.

No séc XVIII, esta praça era a entrada principal de Roma, por isto contava com inúmeras pousadas, que os viajantes adoravam encontrar tão rapidamente depois da longa viagem - por isto, esta região era conhecida como o "bairro dos estrangeiros".

Bem no cantinho à direita da escadaria, você vê a casa onde morou o poeta inglês John Keats, que morreu em 1821. Hoje a casa foi transformada em um museu dedicado à sua memória e do poeta Percy Bysshe Shelley.
No canto esquerdo da escadaria, tem uma casa de chá, a Babington's, fundada em 1893.


Escadaria de Espanha


A escadaria de Espanha

A extravagante escadaria de 135 degraus foi inaugurata pelo Papa Bento XIII, durante o ano Jubileu de 1725. Ela foi realizada graças a um financiamento francês para ligar a Embaixada Burbônica Espanhola à Igreja da Trindade dos Montes.

O projeto leva o nome de Francesco De Sanctis e Alessandro Specchi, vencedores da licitação com a sugestão dos terraços enfeitados com canteiros, os quais durante a primavera são ricamente adornados com muitas flores. O efeito cenografico é perfeito: à medida que nos aproximamos, mais vontade temos de subir seus degraus até o obelisco que está lá em cima e nos aproximar da igreja.

Aí esta' mais uma característica da arquitetura barroca: longas e profundas perspectivas que acabam em construções monumentais.

A Igreja Trindade dos Montes

Igreja Trindade dos Montes em Roma

Carlo VIII, rei da França, mandou construir a igreja em 1495 com uma grande navada com seis capelas de cada lado.
A façada de Carlo Maderno, como vemos hoje, foi finalizada no final do séc. XVI, quando Sisto V fez a rua da igreja, a Via Sistina. O convento ao lado e a igreja foram entregues aos Irmãos Menores da Ordem de San Francesco da Paola.
No interior encontramos algumas obras-primas, como a "Deposição", e a "Assunção" de Daniele da Volterra ( o melhor aluno de Michelangelo). Têm também afrescos de Sodoma, Perugino, Giulio Romano, Perin del Vaga e dos irmãos Zuccari.

As redondezas da Praça de Espanha: o Café Greco

Bem em frente da Praça de Espanha, nasce a Via dei Condotti, que é chamada assim pela canalização que recolhia a água da chuva. Aqui voce encontra o historico Caffè Greco, que foi fundado em 1760, muito provavelmente por uma pessoa que vinha da Grécia. Este café é famoso por ter sido sempre um ponto de encontro de artistas e intelectuais. Aqui vão uns nomes de ilustres visitantes, para você ter uma idéia: Stendhal, Goethe, Bertel Thorvaldsen, Mariano Fortuny, Byron, Franz Liszt, Keats, Henrik Ibsen, Hans Christian Andersen e Felix Mendelssohn. Vale a pena entrar e tomar um café, pelo menos no balcão, só para ver a decoração original do período em que foi fundado. Aviso também que neste caso, o preço é "normal", isto é, para todos os bolsos!

Café Greco, o cafè histórico de Roma!


Taça do famoso Café Greco de Roma, na Praça de Espanha
A taça do cappuccino, que pedi com leite de soja e eles já tem!

Indo em direção à Coluna de Maria, você chega na Via Frattina, que além das lojas chiquíssimas, tem o Palazzo di Propaganda Fide (Prédio da Propagação da Fé), que pertence à Santa Sede. Inicialmente esta construção foi progetada por Bernini, mas o Papa Inocencio X o substituiu com o arquiteto Borromini em 1644. Aqui aprendemos como reconhecer o inconfundível estilo do Borromini: a divisão de uma superficie em concava e convexa: o movimento creado destas intercalações faz deste edifício um dos mais interessantes exemplos de arquitetura barroca em Roma.

Lojas da Praça de Espanha

Lojas para fazer ótimas compras perto da Piazza di Spagna: Benetton  Roberto Cavalli , Dolce e Gabbana , Krizia , Alberto Guardiani, Eredi Pisanò , Roberta Scarpa.
Blumarine Anna Molinari   Versace, Mariella Burani ,  Yves Saint Laurent , Amina Rubinacci
Alviero Martini , Gucci , Ermenegildo Zegna , Gattinoni , Roberto Cavalli,  Loro Piana, Moschino , Eddy Monetti , Fendi, Laura Biagiotti.

Vetrine da Moncler da Praça de Espanha


Na via delle Carrozze : Mila Schon , Valentino , Nautica,  Il Portone.
Nia & Co  na via Vittoria .

Sapatos e acesórios: Furla, Yamamay, Nazareno Gabrielli ,  Cesare Paciotti .
Tanino Crisci , Louis Vuitton, Sergio Nesci
Outros tipos de lojas:.Beauty Point , Bruno Calò , Pancrisia, Pastateca 

2 comentários:

  1. Obrigada por este blog, sou portuguesa e vou estar em Roma durante 7meses. Definitivamente vou me guiar por aqui para saber a história dos principais ponto turísticos! Ciao

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Wippy! E eu vou continuar postando o melhor que aprendi sobre Roma nos ú
    ltimos 14 anos!!! Boa estadia em Roma!

    ResponderExcluir