quarta-feira, 22 de março de 2017

São Pedro em Montorio

Durante a Idade Média contava-se uma lenda em Roma na qual São Pedro teria sido martirizado no alto do Gianícolo. Em homenagem ao apóstolo e segundo esta lenda, foi construída a Igreja de São Pedro em Montório – a palavra "Montório" seria uma corruptela da denominação “Monte Áureo”, como era chamado a colina do Gianícolo na Antiguidade.

Igreja de São Pedro em Montório

No IX século foi construída a primeira igreja dedicada a São Pedro mártir. No último quarto do século XV o rei Fernando II de Aragão mandou construir uma igreja dedicada a São Pedro para susbstitur a igreja medieval.

 Nave central de São Pedro em Montorio

Supõe-se que a sua arquitetura seja de nomes do calibre de Baccio Pontelli (igreja) e Andrea Bregno (fachada), originalmente com tímpano e rosácea (que ainda existe) e escada com duplo acesso.

Contra-fachada igreja São Pedro Montorio

Como temos poucas testemunhas do Renascimento em Roma, esta é uma oportunidade para ver uma elegante igreja deste período, muito provavelmente construída com mármore reciclado do Coliseu.

Altar e transepto de São Pedro em Montório

A igreja é pouco iluminada e vale à pena fazer uma doação e pedir para os sacerdotes acenderem a luz (final da nave à direita tem uma campainha). A nave central é larga, nos faz pensar à arquitetura do período após o Concílio de Trento (1545-63) com foco no altar.
Na contra-fachada temos o monumento funerário de Giuliano da Volterra, 1510, da escola de Andrea Bregno. 

Afrescos nave central São Pedro em Montorio

Na primeira capela à direita da entrada existe um óleo sobre muro da “Flagelação de Cristo” de Sebastiano del Piombo (supostamente feito segundo um esboço de Michelangelo) que é maravilhoso. Se forem nos próximos dias à Galleria Borghese, é interessante comparar a pintura da galleria com o óleo da igreja (muito mais vivaz e emocionante).
Na segunda capela da direita, “Virgem da Carta”, lindo afresco que no passado foi atribuido a Niccolò Circignani (também chamado de Pomarancio, o pintor da linda São Estevão Redondo ), hoje atribuida ao Lombardelli. A linda “Coroação de Maria” é da escola do Pituricchio.

Capela realizada por Bernini, Sao Pedro em Montorio
Êxtase de São Francisco, de Francesco Baratta, aluno de Bernini

Os afrescos da nave da direita são atribuidos a Baldassare Peruzzi, o arquiteto da VillaFarnesina (!).

São Pedro Montorio, Giovanni De Vecchi

Na primeira capela da esquerda, temos um afresco de Giovanni De Vecchi de 1594 com as “Estigmas de São Francisco”. A segunda capela tem arquitetura do grande Bernini com o “Êxtase de São Francisco” de um aluno grande mestre. A terceira capela da esquerda tem uma Virgem de Antoniazzo Romano, grande pintor do período renascentista de Roma e na quarta capela já “bem barroca”, decoração em gesso do Stefano Maderno que nos prepara para o Barroco que nos espera em Nápoles ou na Sicília.

Virgem com menino Jesus, Antoniazzo Romano

O teto do transepto é pura matemática e domínio da luz: aqui se vede a maestria do arquiteto que faz com que a luz seja filtrada criando uma atmosfera mística no ambiente inteiro.

Monumento fúnebre da escola de Andrea Bregno

Apesar desta igreja ser um brinco, a sua particularidade é a obra-prima do Bramante, que realizou o “Tempietto” (Templinho em português) no lugar onde supostamente São Pedro teria sofrido o martírio, e por esta razão a planta do pequeno edifício é circular. A data da construção não foi completamente esclarecida; acredita-se que tenha sido entre os anos de 1508-1512. Aqui comemora-se a correta utilização dos elementos clássicos das ordens dóricas e tuscânicas e que fazem deste pequeno templo um exemplo da perfeita relação dos seus volumes que influenciou toda a arquitetura do século XVI em Roma. No seu interior o pavimento é cosmatesco e a estátua de São Pedro é de um artista da Lombardia.

Flagelação de Cristo, Sebastiano del Piombo

Vale à pena visitar esta igreja quando estiver em Trastevere, inciando ou terminando o seu passeio aqui.

Endereço: Piazza di S. Pietro in Montorio, 2, 00153 Roma
Horário de abertura: das 08h às 12h; das 15 às18h 

Nenhum comentário:

Postar um comentário