quinta-feira, 31 de março de 2016

Museu Barracco de Roma

Museu Barraco de Roma

Olha que delícia que é ter dinheiro, como o Barão Giovanni Barracco (1829-1914), e gastar comprando obras de arte antigas: este ilustre senhor tinha uma paixão por arte grega e línguas mortas. Ele foi amigo do Giuseppe Fiorelli, um dos arqueólogos que escavou Pompéia, e com os conselhos de Wolfgang Helbig e Ludwig Pollak, recebeu a melhor consulência para iniciar a sua coleção, sobretudo expandindo o seu interesse às artes egípcia, assíria e cipriota que permitiria ter uma melhor compreensão da arte grega (do primeiro catálogo da coleção, realizado em 1893). 

Peças egípcias da coleção do Museu Barraco de Roma

Peça egípcia do Museu Barraco de ROma
 
Para o pessoal que tem voltado à Roma, como a Eutália, Roberto, e muitos outros que se amam arquitetura e arte, é um programa imperdível!

Múmia do Museu Barraco de ROma

Ofertas egípcias no Museu Barraco de Roma

O objetivo desta coleção era colocar num mesmo espaço achados arqueológicos para que fosse possível realizar um estudo comparado do desenvolvimento da arte do Mediterrâneo a partir do caráter de cada cultura.

peça etrusca do Museu Barraco de ROma


Quem conhece o sabor de coleções que possuem um “fio de Ariana”, vai ver aqui excelentes peças das primeiras dinastias egípcias (peças trazidas pra cá durante o período imperial) curiosos relevos parietais de arte assíria com representações de muitos arqueiros e cenas de deportação - adoro o gênio alado de joelhos. 

Peça Assíria no Museu Barraco de ROma
 

Imperdível a parte dedicada à arte da ilha de Cipre (onde era explorado o cobre desde o III milênio antes de Cristo), que no passado absorveu influências fenícia, grega, assíria, egípcia e persa até ser transformada numa província romana, no ano de 58 a.C..

Bom Pastor grego, Museu Barraco de ROma

A parte de maior importância é dedicada à arte grega, que conta com excelentes cópias de originais de Míron, Fídias, Policleto e Lisippo, além de muitos originais gregos, “muitos” para uma coleção privada.

Policleto , Museu Barraco de ROma

Vaso Grego, Museu Barraco de Roma

O Museu Barracco fica bem no centro, entre as praças Navona e Campo de' Fiori e, neste momento é gratuito! 

Garanta a sua viagem na Itália com guia em português particular da mais alta qualidade; não hesite em escrever para Guia Brasileira em Roma para pedir seu orçamento.
Endereço: Corso Vittorio Emanuele II, 166a
Abertura: 
Junho - Setembro das 13.00 às 19.00 (ingresso permitido até às 18.30)
De 3a à domingo   
Outubro - Maio 
Das 10.00 às 16.00 (ingresso permitido até às 15.30) 

24 e 31 de dezembro: das 10.00 às 14.00 (ingresso permitido até às 13.30)

Fechado:segundas, 1 janeiro, 1 maio e 25 dezembro

Nenhum comentário:

Postar um comentário