sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

O Altes Museum em Berlim

"Spinario", cópia em mármore de escultura helenística de garoto sentado tirando espinho da sola do pé

Impressionante a qualidade das peças da coleção de arte romana e etrusca  do Altes Museum de Berlim. Para mim, naturalmente um prato cheio, pois é a minha realidade quotidiana, é o mundo no qual escolhi viver, e repito: é realmente impressionante a coleção deste museu.

Não é por acaso que a inteira Museumsinsel está na lista do Patrimônio Unesco desde 1999. Entrar nesta construção já representa uma experiência única, pois o desenho foi inspirado pela Acrópole, e assim podemos sentir, no mínimo, o poder das dimensões das superfícies e colunas utilizadas naquele tempo; a primeira reação é um enorme respeito pelo ambiente e a alteração da concentração, que sobe ao nível máximo.

Começamos com uma cópia de excelente qualidade do famoso Spinario (garoto que tira um espinho do pé), cujo bronze se encontra nos Museus Capitolinos (Palácio dos Conservadores). A cópia em mármore acredita-se ser da metáde do II século d.C..

Ourivesaria Etrusca

A riqueza dos ouros etruscos também me impressionou muito. Brincos, colares e pulseiras de uma originalidade única, mostram mais uma faceta da habilidade dos etruscos em trabalhar o ouro que nos encanta.

Kouros em mármore

Os Kouroi já são uma raridade em Roma. Para ver estas maravilhosas esculturas gregas em abundância é necessário chegar na Magna Grecia bem ao sul de Roma, isto é, a "Terra Prometida", ou Sicília. Sou louca pelos Kouroi, talvez por eles terem uma intimidade ainda muito grande com o período geométrico, mas ao mesmo tempo representam já claramente a estrada que a representação do corpo humano vai tomar no mundo ocidental.

Prato com Pátroclo e Aquiles, figuras pretas

A quantidade de vasos e kylix em ótimo estado e com representações pouco comuns apresentam-se em abundância neste museu. Não é para morrer na frente desta aqui acima, por exemplo, com Aquiles que faz o curativo a Pátroclo, em uma imagem de 2500 anos de idade? Acredita-se que esta peça venha de Vulci, uma grande cidade da antiga federação etrusca, e que tenha chegado ao museu em 1829, logo após à sua excavação.

Escultura em mármore, arte funerária romana, período imperial

Olha, eu já vi maravilhosos monumentos funerários e amo a arte das catacumbas, onde podemos apreciar a dedicação de uma família a um parente querido, uma homenagem carregada de emoção; esta garota, com corpo de 150 d.C. e cabeça de 200 d.C., toca cordas profundas da nossa alma. 

Mosaico com figura de leão ferido - Mosaico de Palestrina

Este fragmento de mosaico de Palestrina é excepcional; é incrível poder chegar tão perto dele e poder observar os detalhes com o qual as tessere (pastilhas) foram aplicadas, o cuidado com a tridimensionalidade, as sombras e luzes das figuras. Em Palestrina, no Museu Arqueológico, não podemos chegar tão perto. Aproveite!

Famosa "Deusa de Berlim", escultura do IV século a.C.

A chamada "Deusa de Berlim" da primeira metade do VI séc.a.C. é também um raro exemplo de escultura desta dimensão neste estado de conservação. Para os fans do sorriso arcaico e os pigmentos que ainda podem ser bem vistos na superfície do mármore, uma grande emoção. 

Busto de sacerdote de Isis

O culto de Isis foi introduzido em Roma na metade do I séc. a.C.., apesar da resistência da nobreza romana.

Após a famosa batalha de Ázio, o culto se difundiu muito e pelas ruas de Roma circulavam os seus sacerdotes. É incrível poder observar a representação de um sacerdote de Ísis (acima, escultura estimada do final do I séc. d.C.) sobretudo pela famosa história de Domiciano (imperador entre os anos 81 e 96), que escapou do massacre do Capitólio "fantasiado" como um destes sacerdotes.  

Busto de sacerdote de Serápis

O culto a Serápis, ligado ao culto de Isis, também era comum na Roma a partir do I séc. a.C. Os seus altos sacerdotes possuiam a representação de um disco solar com sete pontas na testa. Aqui temos uma representação da primeira metade do III séc. d.C., vinda do Egito.

Urnas etruscas em mármore, ótima qualidade!
  Sarcófagos etruscos 

A coleção de sarcófagos etruscos também é uma bela surpresa para quem conhece bem a Necrópole Etrusca de Cerveteri e seu museu, e o Museu Etrusco de Roma, também pela qualidade das peças.

Maravilhoso torso de Afrodite

O torso de Afrodite Marina do Altes Museum pode causar uma parada cardíaca. A indicação do museu diz que esta peça, encontrada em Florença na metade do século XIX, foi realizada no I séc. d.C..

Aos poucos vamos completando o nosso quebra-cabeça destas ricas civilizações que são o nosso berço.

Nessa minha estadia tive a chance de conhecer a Nicole Plauto e o Pacelli Luckwu, da Agenda Berlim http://www.agendaberlim.com/ e com certeza para quem estiver indo para lá vale à pena ter uma assessoria destes dois para entender melhor a cidade. 

Para fazer um tour na Itália com guia em português não hesite em escrever para Guia Brasileira em Roma para pedir seu orçamento.

Altes Museum em Berlim
Site: http://www.smb.museum/museen-und-einrichtungen/altes-museum/home.html
Fechado às segundas, aberto das 10h às 18h (quintas-feiras até as 20h). Mas venha com tempo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário