quarta-feira, 25 de março de 2015

Pitigliano, cultura e vinho na Toscana da Maremma!

Uma das coisas que mais amo no mundo é passear pelos pequenos burgos da Itália, tanto que estou postando várias cidadezinhas que ainda não são famosas na blog-literatura de língua portuguesa, mas que são muito especiais!

Hoje vou falar de um passeio lindo que fiz à Pitigliano, na Toscana. A cidade tem suas origem também etruscas, como quase todas as cidades da Toscana; infelizmente o que ficou de etrusco aqui foram somente dois pedaços de muralhas. A maior parte do que vemos aqui tem a sua origem a partir do período medieval.

A primeira impressão que temos quando nos aproximamos deste burgo, é a cidadezinha no alto de uma rocha de tufo com o aqueduto mediceo.
Logo notamos um mega-aqueduto do XV século que enfeita a cidade.

Visita da cidade medieval de Pitigliano
Aqueduto de Pitigliano

Emocionante passar em cima do viaduto para entrar na cidade!

Entrando na cidade à pé!
Passando sobre o viaduto com a placa que nos dá a certeza que este é
"um dos buurgos mais bonitos da Itália"!

Atravessamos a praça Garibaldi para logo encontrar uma das características mais fortes da cidade: a "pequena Jerusalém", e assim mergulhamos no bairro judeu! Sinagoga e espaço com exposição permanente de cultura judaica são fascinantes, olhem os espaços:

Tickets para a sinagoga de Pitigliano


Produção antiga de vinho kosher, Pitigliano
Instrumentos para a produção do vinho, escadas que não acabam mais!

Visitando antiga adega de Pitigliano
A adega onde envelheciam o vinho kosher - 
ah, se estas paredes falassem!

Forno antigo, em Pitigliano
O antigo forno, com fotografias na parede, 
que documentam quando ainda funcionava

Pão de ázimo em museu, Pitigliano
Curiosa a forma do pão de ázimo que eles documentam aqui!

Depois demos um pulo na Catedral de São Pedro e Paulo, que apesar da sua origem medieval foi restruturada no período barroco, que é como a vemos hoje:

Catedral de São Pedro e Paulo em Pitigliano
Catedral de São Pedro e Paulo, Pitigliano

E depois da chegada e das longas explorações, já ficamos com fome e achamos um restaurantinho escondido de onde saía um cheiro delicioso e onde o menú tinha várias alternativas para quem não come carne! Os toscanos são conhecidos também como "comedores de feijão", o que é sempre uma alegria!

Almoço em Pitigliano
Pici, a pasta típica de Pitigliano com verdura, 

Massa, almoço em Pitigliano
pici com tomate fresco...

Os toscanos são conhecidos pelos italianos como "comedores de feijão"
e um delicioso prato de feijão temperado, uma delícia!

Depois do almoço demos um pulo no Palazzo Orsini, com os Museus de Arte Sacra e o Museu Arqueológico.

Na saída, passamos pela Praça da República com a Fontana delle Sette Cannelle que tem uma vista fantástica do vale ao redor do burgo.

Praça central de Pitigliano
Fontana delle Sette Cannelle, Pitigliano

Como toda cidade italiana quue se preze, Pitigliano também tem um ótimo vinho

De brasileiros para brasileiros na Itália: guias de turismo que falam português.

Um comentário:

  1. Bela descrição sobre Pitigliano, fiquei encantada e curiosa!

    ResponderExcluir