quarta-feira, 4 de março de 2015

Cinque Terre com guia de turismo em português

Em 2007 fui parar na Ligúria pela primeira vez, trabalhando com alemães.

Vista de Vernazza do alto
Cinque Terre. Vernazza, vista do alto

Obviamente me apaixonei pelo lugar, pelas pessoas que trabalharam junto comigo e que viraram amigos com quem tenho contato até hoje.

Meu querido colega Rudi, molhando os pés em Vernazza, em 2007!
Com o caríssimo colega Rudy, num momento de pausa

Nós ficávamos estrategicamente estacionados na divisão das regiões da Toscana com a Ligúria, perto de Forte dei Marmi, e cada dia fazíamos passeios com o grupo: um dia Cinque Terre, um dia San Gimignano, um dia Porto Venere e Portofino.

Nós em Portofino, vista da baía do alto
Porto Fino visto da subida ao Castelo Brown

O nosso trabalho era cuidr de grupos enormes e éramos responsáveis pela organização do almoço, da pontualidade das partidas e chegadas de trem para que tudo corresse bem. Em cada lugar que chegávamos, os clientes ficavam livres para explorar a cidadezinha, que nós explicávamos durante a viagem os pontos principais a serem vistos.

Porto de Portofino
O porto de Portofino

Foi neste período que peguei o vírus do "relógio suíço". Quando trabalho, tudo tem que funcionar assim, perfeitamente, do ponto de vista da qualidade da relação com o cliente, dos serviços oferecidos e das acordos de horários combinados.

Cinque Terre é o nome de uma região na costa noroeste onde existem cinco pequenas vilas na província de La Spezia, região da Liguria e que é Patrimônio UNESCO  desde 1997 por causa da beleza da agricultura realizada em terraços. A partir de 1999 esta zona foi colocada sob a  proteção de um Parque Nacional.

Mapa do Parque Nacional de Cinque Terre, Liguria
Mapa de Cinque Terre, Parque Nacional

Cinque Terre pode ser um passeio de um dia, mas como é muito apaixonante, podendo ficar mais é melhor! Hoje em dia tenho também na minha equipe guias que falam português e adoram brasileiros nesta zona e que facilitam e abrem os caminhos para as preciosidades de cada vilarejo, ajudando o viajante a economizar tempo, indo direto ao ponto de cada parada.

A produção reduzida e maravilhosa de uma plantação que é patrimônio UNESCO
Produção de vinho maravilhosa!

O nosso passeio de um dia para em quatro das cinco aldeias, passando pelas igrejas mais importantes, pontos panorâmicos, e, obviamente comendo no restaurante mais gostoso e simpático de Monterosso al Mare, o da Isabella e Marco, "Al Carugio" na Via San Pietro, 9.

O vinho é cultivado aqui nas colinas que foram escavadas e "terraçadas" para criar mais espaço à plantação há mil anos.  A produção de vinho desta zona é uma das coisas mais maravilhosas do mundo, viva o Cinque Terre DOC! E não é à toa que Cinque Terre faz parte do Patrimônio UNESCO. Típico desta zona é o vinho Sciacchetrà, feito com um procedimento que utiliza uvas supermaturadas, onde o conteúdo alcólico e de açúcares é mais elevado do que o normal.

Em vários vilarejos encontramos igrejas medievais de peregrinagem, onde sem dúvida vale a pena dar uma parada.

Para reservar uma excursão com guia em português, não hesite em nos contactar!

Portofino é um antigo vilarejo de pescadores tão lindo que os americanos tiveram a pachorra de reconstrui-lo nos Estados Unidos!
Mega yates em Portofino
Um dos portos mais chiques da Itália, Portofino

Visitar Cinque Terre de Gênova ou La Spezia é perfeito. Se for fazer um bate e volta a partir de Florença, serão aproximadamente 2,5h de carro de ida e o mesmo de volta (!). 

DE TREM DE GÊNOVA para Cinque Terre:
De Gênova você pode pegar o trem Itercity 505 das 08.51h  de Genova Piazza Principe que às 10:04h você já está na porta do Parque para entar!
O retorno   pode ser feito com o Frecciabianca 8620 de La Spezia das 17.46, com chegada em Genova às 18.50h.
O valor do ticket de trem é aproximadamente € 20 ida e volta.
A entrada ao Parque delle Cinque Terre fica entre € 13-16 e vale por um dia inteiro e dá direito à entrada no Parque e às passagens de trem de uma aldeia à outra.  

De brasileiros para brasileiros na Itália: reserve aqui a sua guia de turismo que fala português.

Nenhum comentário:

Postar um comentário