sábado, 28 de dezembro de 2013

Receita de Molho para Picchiarelli (típico do território da Umbria)

- refogar para sugo à italiana: cortar o salsão, cebola e cenouras e bater no mini-pimer e jogar na panela com azeite.

À parte, cozinhar 200 g de champignons secos (se possível, de bosque), cortados em fatias finas, com azeite, sal e pimenta.




Unir os champignons ao refogado. Adicionar 1 kg de tomates descascados (pomodori pelati) e continuar a cozinhar em fogo baixo por mais 30 minutos. 





Esperar que o molho fique denso. 
Servir.

E Bom Apetite!

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Liquidação começa dia 4 de Janeiro em Roma!

Via del Corso, foto de Walter 

Em Roma e no Lazio as liquidações de inverno 2013-2014 deste ano começa dia 4 de Janeiro e vai até dia 15 de Fevereiro!
Quanto às liquidações de verão, estão falando de iniciar dia 6 de Julho - mas ainda não é certeza. 
Volte ao blog para conferir!

Aqui um pequeno mapa indicativo com as zonas com excelentes lojas em Roma:


As lojas são obrigadas a aceitar cartões de crédito e débito também neste período.

Post: Compras em Roma, com os endereçoes de todas as lojas do centro histórico: http://guiaderoma.blogspot.de/2011/10/compras-em-roma-boas-marcas-diferentes.html

Post Outlet ROma: CASTEL ROMANO OUTLET http://guiaderoma.blogspot.de/2011/01/castel-romano-outlet.html

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Ostia Antiga

Passeio em Roma, Ostia Antiga- Teatro Antigo Roma
Eu, no Teatro de Ostia

Teatro de Ostia ANtiga
Yu-huuu! Mais um ângulo do Teatro de Óstia Antiga

Óstia Antiga é um sítio arqueológico de grande importância a 25 km de Roma. Visite-o antes que vire Patrimônio UNESCO
O absurdo fato disso ainda não ter acontecido faz com que um lugar de importância capital não tenha a multidão que vemos no Coliseu e Foro Romano.

Pavimentos mosaicos, Ostia ANtiga
Maravilhosos Opus Sectile pavimentais

A lenda nos conta que foi o quarto Rei de Roma, (Anco Márcio, 640-616 a.C.), quem fundou a cidade de Óstia na foz do Rio Tibre. Alí produzia-se sal, um bem de grande importância na antiguidade para temperar alimentos e sobretudo conservar a carne. Posteriormente a posição geográfica de Óstia se demonstrou fundamental para proteger a sede do Império que nascia.

Vista do alto da cidade de Ostia ANtiga


Mosaico pavimental, Ostia Antiga
Mosaico pavimental

Quando Roma conquistou os Etruscos na famosa batalha de Veio, em 396 a.C., o governo resolveu construir um forte para defender Roma na foz do rio Tibre. A partir deste momento, o papel de Óstia na história assumiu uma importância vital na aurora do nascimento do grande Império.

Pavimento com mosaico em Domus de Ostia Antiga
Maravilhada com os mosaicos; parecem os Cosmatas!

O forte, que abrigava originalmente 300 famílias, cresceu e causou mudanças radicais na urbanização da região, que abrangia 50 héctares e tinha três portas nos muros da cidade.

Capitolio de Ostia ANtiga
Eu no Capitólio de Óstia Antiga

Capitólio de Ostia ANtiga


Com o tempo, o forte adquiririu uma outra função fundamental para Roma:  receber o grão, e depois todas as mercadorias que supririam o Império. 

Domus romana de Ostia Antiga
Pouco mais de um século da realização do forte, no ano de 270 a.C., a capital já contava com 187.000 habitantes e precisava manter esta população!

Durante o período Imperial, Óstia chegou a ter em torno a 200.000 habitantes.

Hipocausto de Ostia ANtiga
Eu, me deliciando com a visão do hipocausto das termas

Augusto deslocou a frota militar de defesa de Roma para o sul (Misenum, na Campania) e a importância comercial de Óstia se consolidou como porta de entrada de mercadorias que supria Roma, que no meio tempo tinha atingido a beleza de um milhão de habitantes. Augusto construiu um teatro e redesenhou o centro político, civil e religioso, além de construir templos e praças.

Guia em portugues em Ostia Antiga
Nosso cliente veterano, Roberto, no Teatro de Óstia Antiga em Dezemebro de 2016

Mitreu em Ostia ANtiga
Templo de Mitra, Cautes com galo

Esta cidade tem uma arquitetura sui generis na antiguidade, pois foi habitada até os séculos VIII e IX. Aqui vemos um desenvolvimento urbanistico como em nenhuma outra cidade do Império, pois, por exemplo, Pompéia teve seuu desenvolvimento interrompido já em 79 d.C.!

Restaurante Antigo, Ostia ANtiga
Restaurante, que na antiguidade se chamava "Thermopolium"!

Familia visitando restaurante Antigo na cidade de Ostia Antiga
A família da Eliana no Thermopolium em Dezembro de 2016

Este passeio é perfeito para quem quer conhecer em profundidade a História da Roma Antiga, sem ter que ir à Pompei ou Ercolano.

Vista do alto da antiga urbanizacao da cidade
É possível subir no alto de alguns palácios antigos para apreciar o panorama... e que panorama de cidade antiga!!!
O percurso que costumamos fazer é mais ou menos este:  Necrópoli, Porta Romana, Decumano Massimo, Termas de Netuno (ou quartel), Teatro, Praça das corporações, Termas do Foro, Latrina, Foro, Casa de Diana (exterior), Termopólio, Panetteria (moinho), e por fim, indo para a saída, vemos os lindos mosaicos das Termas dos Cisiari (Motoristas dos carros, isto é, os taxistas da época romana!).

Horário de abertura do sítio arqueológico de Óstia Antiga:
Fechado todas as Segundas-feiras e dia 1° de Janeiro1º de Maio e dia 25 de Dezembro.
Janeiro e Fevereiro, Novembro e Dezembro:
08.30 - 16.00 (última entrada às 17.00)
Último domingo de Março até Outubro: 
08.30 - 18.00 (saída do público até às 19.00)
Do último domingo de Outubro até dia 1º de Novembro:
08.30 - 17.00 (
saída do público até às 18.00)

Entradas:  € 8,00
Menores de idade: gratuito

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

28 de Dezembro 2013: Museus Grátis em Roma

Sábado, dia 28 de Dezembro, recebemos um maravilhoso presente de Natal do Ministro dos Bens Culturais e Atividades de Turismo, Massimo Bray, para comemorar as Jornadas Européias do Patrimônio 2013: revivendo mais uma vez a Virada Cultural romana, 38 museus e sítios arqueológicos de propriedade do Estado Italiano vão ter entrada gratuita para todos os visitantes das  20h às 24h!

Grupo do Rodnei em cima do Castel Sant'Angelo!

Segue a lista de alguns museus que parteciparão à iniciativa em Roma: Galleria Borghese, Palazzo Altemps, Terme di Diocleziano, Crypta Balbi, Palazzo Massimo, Galleria d'Arte Antica, Palazzo Barberini, Galleria Nazionale d'Arte Moderna e Contemporanea e o Museo Nazionale Etrusco di Villa Giulia.

Os Museus Capitolinos vão ter neste dia o ingresso reduzido a € 3,50.

Quem estiver por aqui não pode perder este evento!

Luisa Bruni Coleção 2013

É um bom momento para contar as últimas peripécias de uma das melhores designer de jóias que a Itália tem neste momento: Luisa Bruni.

"Splash Rainbow", prata esmaltada

Seguindo com consistência seu trabalho conceitual iniciado alguns anos atrás, depois da sólida formação em Belas Artes e depois na Escola de Arte da Casa da Moeda de Roma, onde Luisa aperfeiçoou as técnicas de baixo relevo, não nos resta que admirar a produção de 2013 da "Senhora dos Anéis".
"Resinplink", prata e resina colorida

A série "Plink" de 2012, que tem como ponto de partida a água, se desenvolveu em criações em prata esmaltada, e a nova série "Gratachecca" (que quer dizer "raspadinha", é aquela que a gente come na praia!) chegou para conquistar o coração de quem ama jóias e a qualidade única do design Made in Italy.

"Gratachecca" (raspadinha), em prata e resina colorida


Naturalmente, o trabalho manual envolvido no processo de criação é complexo e exige a maestria de técnicas de escultura e domínio sobre diferentes materiais. Veja algumas imagens da mesa de trabalho da nossa artista com a mão na massa: 

Modelar a resina: técnica difícil e extremamente tóxica para a designer!

O brilhante resultado final!

Muito especial, seria encomendar alianças que a nossa maestra realiza com um toque todo especial e selar seu noivado na nossa romântica Itália!

Alianças de Luisa Bruni

Aliança de Luisa Bruni

Aliança de Luisa Bruni

Ou, simplesmente um solitário em ouro branco e diamante como esse, para selar seu noivado na Itália!

Solitário, ouro branco e diamante

Luisa Bruni se mudou há um ano de Roma para Torino.
Suas jóias são vendidas na loja:

ALTERNATIVES gallery 
Via della Chiesa Nuova 10  
06 6830 8233

Inverno: Fecho às 2as
Terça-Sábado
10.00h - 19.00h

Verão, fecho aos Sábados
2a à 6a
10.00h - 19.00h

Seguem os contatos para quem deseja fazer uma jóia sob encomenda: www.luisabruni.com, escreva para lb@luisabruni.com!
Luisa fala e e escreve espanhol na perfeição!

A designer Luisa Bruni

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Reveillon 2013-2014 Roma

O concerto do Réveillon 2013 - 2014 vai ser com Malika Ayane, Nina Zilli , Niccolò Fabi e Daniele Silvestri num palco com 40m de comprimento e 20 metros de profundidade no Circo Massimo!

Neste ano, a escolha de eventos está caprichadíssima, com eventos para todos os gostos e bolsos!


Via del Corso (aos domingos não circulam carros)

- Festa de Réveillon 2013-2014: Castelo de Ponte Milvio



Endereço: Via di Casal di Tor di Quinto, 1
Infos e Pré-vendas: 06.98875854 - 333.1818498 - 3428911419 – 3476304510
Ceia às 20.30h: € 130

Buffet com mesa às 21.00h: € 120
Buffet às 21.00: € 120
Disco: Ingresso a partir das 23.00: € 55
Disco: Ingresso  a partir das 00.30: € 40

- Festa de Réveillon Vegana em Roma 2013-2014: Jantar Vegano e festa com música ao vivo anos '80

Jantar e festa organizada pelos animalistas de Roma e pela franchising Universo Vegano
Laser Club, Via Matteo Bartoli, 256 
METRO B – Parada Laurentina – zona EUR Laurentina
€35,00 – Ingresso da ore 20,30

Brinde e Discoteca: €20,00 – Ingresso a partir das 23:00h

Pagamento de sinal para reserva: pierpaolocirillo@animalisti.it – segreteria@animalisti.it – www.animalisti.it – 06.780.41.71 – 338.48.18.226 ou nas seguintes Associações: Associazione (Via Tommaso Inghirami, 82 –Metro A, Colli Albani – Roma - todos os dias úteis das 9h-19h), ou no nosso quiosque informativo (terças e quintas das 9.30h às 19.00h; sábados e domingos das 13h-19h) no Largo dei Lombardi (Via del Corso pertinho da via della Croce - metrô A, Spagna).

- Vegano também o reveillon do Rewild, cruelty-free club, que é um club vegano - detalhes do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/182747821751185/?source=1
Via Giovannipoli, 18 
00145 Roma

Metrô B Garbatella, metro B San Paolo, ou ônibus 715

Menú completo (excluso bebidas): € 30

Para reservas:
06.97613910 (depois das 20:00h)
380.3279309 - 347.7130164

- Dica de Reveillon para quem tem crianças em Roma: Rainbow Magicland




Preços:
Ingresso + Jantar Castello: € 150
Ingresso + Buffet: 60
Ingresso 40€
Endereço: Via della Pace (Valmontone - Roma)

Telefone: 0698875854 – 3331818498 – 3428911419 – 3476304510
Site oficial do evento: https://www.magicland.it/ (Google Chrome não vê o site, precisa abrir com Mozilla Firefox ou outro browser!)

Réveillon Rainbow: o reino dos sonhos!

Parque de diversões para crianças nos arredores de Roma. 
Início: das 19:00h às 05:00h - crianças com menos de 1 ano não pagam ingresso

Aconselha-se para quem está com crianças os seguintes espetáculos: "Il Regno dei Piccoli", o espetáculo das "WinX" e o show de "Bombo e Gattobaleno" (arcobaleno quer dizer arco-íris; "Gattobaleno" é uma corruptela de gato com arco-íris).
Vários hóspedes ilustres italianos, música e DJ sets. Às crianças foram reservadas três salões musicais com diferentes tipos de música: house, eletrônica, pop, salsa, happy-revival etc.

Para os pais terá um show  “Tutti pazzi per il musical”, além do “Stunt Show” na arena e espetáculo pirotécnico da meia-noite.

- Programa Réveillon Roma 2014: Mansão na Villa Appia Antica


METRÔ A (fermata Arco di Travertino).
Para informações: 
Endereço: Via Appia Antica, 288 A – Roma
Telefone: 067184815 – 3386897505

Grande Gala em Roma. Ceia em mansão antiga (do IV séc a.C., 30.000m quadrados de área verde, piscina e estacionamento) em uma das ruas mais antigas e chiques do mundo: a Via Appia.

As comemorações  iniciam às 20:30h com aperitivo de bem-vindos e música ao vivo swing. Às 21h, no salão de jantar, música ao vivo (jazz,  blues, e rock) até à meia-noite. Espetáculo pirotécnico e depois DJ set.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Piazza Navona

"(...)Voltemos nosso pensamento à Donzela,
Cujo coração meditara o dia todo de inverno,
No amor, na sagrada caridade alada de Sta. Agnes,(...)" 
Véspera de Sta. Agnes, John Keats (31.10.1795 -  23.02.1821)
Piazza in Agone, Piazza Nagona, Piazza Navona!
 Piazza Navona, Roma

Uma das mais conhecidas praças de Roma. A sua forma, como o nome indica, se deve ao antigo estádio de Domiciano. O que vemos hoje é o resultado de vários gênios trabalhando juntos: a visão do Papa Inocêncio X, que pediu ao Bernini de contruir a fonte central; a Borromini a Igreja de Santa Agnes e a Rainaldi, a construção do palácio Pamphilj.

Mas vamos começar do início: na Roma Antiga, o estádio de Domiciano foi construído  no ano de 85 d.C., e já no III século foi restaurado pelo Imperador Alessandro Severo. O estádio tinha 276m de comprimento, 106 de largura e capacidade para 30.000 expectadores; era maravilhosamente decorado com estátuas, uma das quais, o Pasquino, está numa esquina atrás da Embaixada Brasileira, esquina com Piazza Paquino. Talvez se trate de uma cópia  de um grupo helenístico de Pergamon, que representaria Menelau (lendário rei de Esparta na Mitologia Grega), segurando o corpo de Pátroclo (comandante da frota de Ptolomeu II Filadelfo).
Já que estamos falando de um estádio, e não de um circo, não existiam os famosos portões que se chamavam carceres (por onde passavam os cavalos de corrida), nem a spina (muro que dividia as duas pistas onde corriam os cavalos, como por exemplo vemos hoje uma pequena torre no Circo Máximo), mas todo a superfície era utilizada para competições entre atletas. O obelisco que hoje vemos ao centro, englobado na Fontana dos Quatro Rios de Bernini, não se encontrava lá: veio do Circo de Maxêncio, na Via Appia Antiga.

O nome original da praça era "in Agone" (que vem do grego agones, que quer dizer jogos), já que o estádio era utilizado exclusivamente para competições entre atletas. Não é verdade a lenda metropolitana que diz que durante a antiguidade também aconteciam batalhas navais nesta praça. O que realmente acontecia, era um alagamento da praça no mês de Agosto, para aliviar o calor: se tapavam os ralos da fontes, e a água alagava a praça.
Entre 1810 e 1839 realizaram-se corridas de cavalos.
A Piazza Navona é um dos melhores exemplos do que os artistas criaram durante o período barroco. Aqui contribuíram artistas do calibre de Bernini (Fontana dos Quatro Rios no centro da praça), Borromini e Rainaldi (Igreja de Santa Agnes) e Pietro da Cortona (que afrescou a galleria do Palazzo Pamphilj, sede da Embaixada Brasileira)


A praça foi realizada com a ideia de celebrar a grandiosidade da família Pamphilj (do Papa Inocêncio X), em clara competição com as famílias Barberini e Farnese. Por isso ordenou a construção do Palácio e das fontes. Para que a nova realização da praça fosse perfeita foram demolidos vários edifícios, enquanto os geniais partecipantes das licitações trabalhavam arduamente em suas escrivaninhas. Quem não podia ficar de fora da importante escolha dos trabalhos a serem reliazados foi a superpotente Donna Olimpia Maidalchini, mulher de personalidade fortíssima e cunhada do Papa. (Para saber melhor quem foi essa figura, leia o post http://tinyurl.com/o6shhrt).

Detalhe da alegoria do Rio della Plata, Fonte dos Quatro Rios, de Bernini

A Igreja de Santa Agnes foi construída no exato lugar onde a santa sofreu seu martírio durante as perseguições de Diocleciano. Ela tinha apenas 12 anos. Existem várias lendas sobre a sua história e logo após a sua morte, por causa da sua idade, a santa ficou famosíssima, quase quanto os santos-padrões de Roma: Pedro  (Betsaida, 2-4 ? – Roma, aproximadamente em 67), Paulo (Tarso, 5-10 – Roma, 64-67) e Sebastião (Narbona?, 256 – Roma, 20 gennaio 277-288 ou 304) e seu túmulo virou rapidamente um lugar de culto, meta almejada de pelegrinos. Vou tentar dar uma breve ideia sobre a sua vida e seu martírio: esta linda menina chamada Agnes se recusava a se casar, dizendo que tinha feito o voto de castidade a Jesus. O prefeito Simprônio condenou-a a viver junto com as castas sacerdotisas vestais, que protegiam a cidade de Roma. Quando ela se recusou, ele a mandou arrastar nua pelas ruas de Roma, e viver em um bordel. Enquanto era martirizada, seus cabelos cresciam e os homens que se aproximavam dela para violentá-la, ficavam cegos. Tendo sobrevivido à essas torturas, Agnes foi definitivamente condenada à morte: amarrada a um poste ao qual tentaram colocar fogo, mas o fogo não pegava, ou as chamas se dividiam e não queimavam a santa. A este ponto, um oficial pegou a sua espada e a decapitou. O sangue derramado no chão atraiu rapidamente outros cristãos, que embeberam suas roupas com ele. Agnes foi posteriormente enterrada em catacumbas, na Via Nomentana.

A  igreja foi edificada sobre o bordel onde Diocleciano tinha mandado trancar a santa. Desde o período medieval já existia lá uma igreja dedicada à ela.

Voltando à fonte central, uma das fofocas mais famosas a respeito dela, é sobre a rivalidade dos grandes arquitetos barrocos Bernini e Borromini: em duas das alegorias dos rios,  Bernini teria expressado o seu desdenho pelo grande Borromini, representando o rio Nilo com uma faixa tapando seus olhos para não ver a igreja e o rio da Prata com a mão protegendo a sua cabeça com medo que a cúpola de Borromini caísse sobre a sua cabeça; mas estas são mais lendas metropolitanas, já que a Igreja foi realizada DEPOIS da fonte! Interessante notar que  o Nilo foi representado com os olhos tampados pela faixa, por que as duas nascentes ainda não tinham sido encontradas.

A Piazza Navona também tem outras duas fontes: do Mouro (esculpida por Giacomo della Porta e retocada por Bernini), ao sul da praça e a fontana de Netuno (esculpida por Gregorio Zappalà e Antonio della Bitta.

Fontana o Mouro na Piazza Navona, de Giacomo dele Porta

Fontana de Netuno na Piazza Navona, de Zappalà 

Palácios da Praça Navona:
Palazzo Braschi - do final do século  XVIII,  construído onde existia o Palácio de Francesco Orsini, no século XV.
Palazzo Torres Lancellotti - construído em torno ao ano de 1552 por Pirro Ligorio.
Palazzo Pamphilj - construído entre 1644 e 1650 por Girolamo Rainaldi.
Palazzo Tuccimei ( antes chamado Cupis Ornani) - construído na segunda metade do século XVI, sobre um predinho e casas limítrofes do século anterior.

Quanto à tomar um café num bar na Piazza Navona, veja antes o menú para não tomar sustos, pois o preço  muda se você senta em uma mesa ou não; aliás isso é uma regra para 99% dos bares e lanchonetes na Itália.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Cursos de cerâmica na Toscana 2014

Aqui vai a nova coleção de cursos da nossa superescola de cerâmica no coração da Toscana. Excelentes profissionais, ambiente único e atmosfera descontraída te esperam no cenário toscano com seus ciprestes, colinas em tonalidades típicas e muito bom vinho. Para não falar nas noites com pizza do nosso forno a lenha!

PROGRAMA    2014  - 33ª ano de vida!
Maratona de torno
Pietro Maddalena
2 - 6 Janeiro 2014

Torno non-stop para quem sofre de crise de abstinência de argila.
As maravilhas da técnica agate
Susan Nemeth
6 - 12 Abril 2014
Pintura e estratificação de tintas e porcelana para maravilhosos desenhos e superfícies matt
Porcelana: cores e luz 
Curtis Benzle
20 - 26 Abril 2014

Aprender a ampliar e desfrutar as peculiares qualidades de transparência da porcelana.
Cores & Colombino
Carolyn Genders
27 Abril - 3 Maio 2014

Estudar a relação natural entre forma, cor, superfície e conhecer uma técnica de queima única, muito versátil.
Pelle
Luca Tripaldi
4 - 10 Maio 2014

Papel de argila e superfícies com sais e minerais.
Intercâmbio na Itália - créditos reconhecidos em universidades americanas
Ken Shipley
16 Maio - 7 Junho 2014

Curso exclusivo para estudantes universitários.
Construções arquitetônicas em cerâmica
Marcia Selsor
Stephani Stephenson
8 - 21 Junho 2014

Laboratório de cerâmica arquitetônica com um projeto final de fonte e queima em lenha.
As cores da natureza
Michael Sherrill
22 Junho - 5 Julho 2014

Argilas e tintas colorridas sobre porcelana para desenvolver uma superfície orgânica.
"Paperclay" (papel de argila) com porcelana
Antonella Cimatti 
6 - 12 Julho 2014
La narrazione ceramica
Richard Notkin
Jason Walker
13 - 26 
Julho 2014
Incisão e ilustração com dois maestros com enfoque político na arte.
i
Luz e sombra
Angeliki Papadopoulou
27 
Julho - 2 Agosto 2014
Esculturas, lâmpadas, objetos – incorporar a luz na cerâmica.
Relações perigosas: forma - esmalte – queima
John Colbeck
3 - 16 Agosto 2014

Um workshop de duas semanas com um ceramista e professor de longa experiência.
Ao léo (A briglie sciolte
Sandy Brown
17 - 30 Agosto 2014

Experimentar a potência da criatividade livre.
A Figura
Tip Toland
Patti Warashina 
31 Agosto - 13 Setembro 2014

Dois pontos de vista para realizar uma figura, ensinados por duas escultoras extraordinárias. 
Viajar a Chianti e escultura
Cathy Lawley
16 - 27 Setembro 2014
Raku e as suas cores
Ute Grossmann
28 Setembro - 4 Outubro 2014A técnica de raku, aplicada à potência de cores extremas.
'Modelar e sacudir' na Toscana (Shape n' Shake)
Ellen Shankin
5 - 18 Outubro 2014


Escultura Raku
Lorri Acott
19 - 25 Outubro 2014

Escultura em Paperclay (papel de argila) para formas impossíveis de obter com outros materiais.
O contexto da argila
Jeff Shapiro
27 Outubro - 3 Novembro 2014

Programa de estudo e de viagem ao redor da cerâmica.
Escreva para maiores informações para patcarmobaltazar@gmail.com.