quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Eataly - comer em Roma

"Deus está nos detalhes" - Albert Einstein
A entrada de Eataly, na estação Ostiense

O primeiro post que escrevi sobre como come-se na Italia, e especialmente em Roma, foi este aqui: http://guiaderoma.blogspot.de/2010/06/comendo-em-roma.html: o que comem os italianos, o que é um "primo", um "secondo", quais são as sobremesas típicas,etc. Se você está vindo pela primeira vez, não perca este post antes de ler sobre o Eataly!

Para quem mora aqui, é uma maravilha poder comprar um peixe tão fresco!

Para quem já sabe que comer em Roma não é comer, mas um maravilhoso degustar, fica a dica do novo centro de gastronomia romano: Eataly.

 
Foto de Howard Walfish, H-bomb - aconselho a fritura de peixe!

Departamento presuntos, salames e queijos!

... inclusive mil acessórios para a cozinha...

aqui mais alguns...

eu disse mil!!!

Localizado na zona Ostiense, perto da Pirâmide, este centro oferece todos os tipos de ofertas para papilas gustativas exigentes. São eventos, restaurantes e lojas com as últimas novidades - mas também as mais tradicionais!

Aqui vão algumas sugestões dos restaurantes temáticos:

Térreo Eataly:

No térreo, encontramos os irmãos Maioli, que produzem as "piadine", que é um pão típico do norte (cozinha da região da Emilia Romagna), e que muito provavelmente é o tipo de pão mais parecido com o que os antigos romanos comiam, que por sua vez, aprenderam com os povos do Oriente Médio. Este pão, que é como um "pão sírio" nosso, mas mais "chatinho", é recheado com verduras, queijos ou frios e aqui no Eataly, é assado pelos irmão de cuja família assa piadine há quatro gerações!

Depois temos o Ristorantino delle Verdure, (Restaurantinho das Verduras), que é um restaurante vegetariano, com verduras escolhidas entre os melhores fornecedores do Lácio, mas que também vêm de outras regiões se a qualidade for excepcional. Aqui vai o menu deles neste momento:

 

A Chocolateria do Piemonte "Venchi" há mais de cem anos de tradição e aqui no Eataly produz calda de chocolate artesanal em doi tipos diferentes: com Gianduia (com amêndoas da região de Piemonte), ou  Fondente, com chocolate amargo.

O sorvete escolhido para representar a Itália nesta festa dos sentidos foi o "Lait", de Guido Pollenzo, também da região de Piemonte. A matéria-prima é o leite concentrado, com adição de ingredientes genuínos, como as amêndoas de Piemonte, o café Illy ou o chocolate Venchi. De acordo com as estações, você vai encontrar sorvetes de frutas, milk shakes, frapês e saladas de frutas

A pasticceria é descrita como "salutista", onde o açúcar é utilizado com moderação e não se usam ingredientes artificiais. Aqui, você vai encontrar as delícias típicas de diversas regiões italianas, do lado da cafeteria Illy.

Pasticceria "salutista"

Primeito Andar Eataly:

No primeiro andar, tem a "Friggitoria", onde são vendidos alimentos fritos e embalados para o consumo imediato em um cone de papel, especialidade típica da região da Campania. Aqui podemos escolher entre peixe, carne, verduras da estação e mozzarella Eataly. Caso quisermos comer à mesa, basta sentar!

Seguimos com a cervejaria artesanal de três maestros cervejeiros que produzem as suas três cervejas aqui mesmo. Além deste luxo, podemos escolher entre 100 outros tipos de cerveja artesanal italiana.

Sempre neste mesmo andar, temos o "Mozzarella Show", onde podemos ver ao vivo e a cores como é feita a mozzarella de Caserta (cidadezinha da região da Campania). O senhor Roberto Battaglia, além de saber fazer mozzarella tem um grande senso cívico e denunciou a máfia que o chantageava na sua cidade. Poucas pessoas tem esta coragem aqui na Itália, e todos nós sabemos, que o futuro deste país depende da capacidade de poder continuar a dar vida à sua milenária tradição e cultura, que para mim são verdadeiros patrimônios culturais da História da Civilização Ocidental!

Olha como se faz a mozzarella!

Apaixonados de Pizza, fiquem aí mesmo, no 1º andar.
Aqui na Itália, a pizza é feita em vários modos: com massa fina (típica romana) ou massa espessa (típica napoletana). A direção da Italy se decidiu pela tradição napoletana, com a borda alta e macia, com massa que descansam por 24h! Os ingredientes mediterrânos são de primeira qualidade e a farinha é biológica é triturada com pedra natural. Estes "pequenos detalhes" fazem a diferença!

A este ponto, não podemos deixar de lado a pasta feita à mão no "Ristorantino della pasta". Como diz a direção do próprio Eataly, "é facilíssimo fazer uma boa pasta":  basta ter um grão de semolina de excelente qualidade, água de fonte especialmente equilibrada como a dos "montes Lattari", misturar os ingredientes lentamente, "trafilar" (fazer os fios de espaguete, ou qualquer outro tipo de pasta) com instrumentos de bronze e finalmente deixar secar em baixa temperatura! Aqui no 1º andar, você pode comer um prato de pasta feito desta maneira!

Neste dia, estamos pertinho do Cemitério Protestante (ou Acatólico), que fica pertinho da Pirâmide. Depois do almoço, uma caminhada aqui dentro é uma ótima sugestão para digerir o almoço!

Escultura, no Cemitério Acatólico

Na tua viagem à Roma, não perca esta experiência!

Eataly Air Terminal Ostiense
Piazzale XII Ottobre 1492
Tel. +39 06 90279201

Nenhum comentário:

Postar um comentário