quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Reveillon 2013 em Roma

Para Reveillon 2013-2014, leia o post http://guiaderoma.blogspot.de/2013/12/reveillon-2014-roma.html!

Sim, a prefeitura de Roma organizará um concerto grátis no Foro Romano com os artistas Negramaro, presentados por Enrico Brigano. O show começará às 22.30 e se pede às pessoas para chegar pela Via Cavour ou pelo lado do Coliseu. Pouco antes da meia-noite,se interroperá o show para a contagem regressiva e show de fogos de artifício. Depois do concerto, vai acontecer um VJ-set  com uma famosa rádio romana, que organiza o evento. 


Foto de retorta

O metrô vai funcionar excepcionalmente até às 2.30 da manhã e se aconselha de utilizar os meios de transporte público.

Além deste show, pode-se escolher entre os inúmeros restaurantes, discotecas e mansões para passar o ano. A entrada fica em torno aos 80€ com jantar incluido.

Destaques são:

- Castelo de Ponte Milvio
Endereço: Via di Casal di Tor di Quinto, 1
Infos e Pré-vendas: 06.98875854 - 333.1818498 - 345.1013887 - 393.1818498
Ceia às 21.00h: 160€
Jantar com Buffet às 21.00h: 130€ ou 80€
Ingresso a partir das 23.00: 60€
Ingresso  a partir das 00.30: 40€

PROGRAMA:
21.00h : Entrada jantar servido à mesa e entrada de hóspedes para o jantar buffet
23.00h:  Entrada clientes para aperitivo depois, abertura do open bar e início da música 
23.55h: Contagem regressiva com rios de Champagne!!!


- Villa Squisito - Jantar "Dolce Vita"
Endereço:  Via Lucullo, 22 

Jantar : 130€
Menú crianças: 65€

Infos & Pré-vendas: 06.98875854 - 345.1013887 - 333.1818498 - 366.5432513

PROGRAMA:
Ore 20.30: Recebimento hóspedes para a ceia de S. Silvestro
Ore 20.45: Cocktail de boas-vindas
Ore 22.00: Espetáculo de cabaret com Alessandro Serra
Ore 23.30: Espera da Meia-noite… Contagem regressiva
Ore 00.00: Início Música
Ore 00.30: Abertura Cocktail Bar
Ore 01.30: Cotechino (porco) e lentilhas, tradição italiana

- Nazca na Via del Gazometro, 42 tel: 06.69306384 - 333.1818498 
90€ ) para jantar + disco

PROGRAMA:
ore 21.00: Jantar
ore 23.00: Ingressos Discoteca
ore 00.00: Brinde da meia noite
ore 00.01: Cotechino (porco) e  lentilhas, tradição italiana
                Dj Antos G (Glass Coffee) - Musica House / Comercial

Mas as ofertas para esta importante data são infinitas!

Boas comemorações!




quinta-feira, 18 de outubro de 2012

As praças de Roma

Olá, leitor, olá leitora!

Gostaria de chamar a atenção de vocês para um passseio maravilhoso a pé que fazemos aqui em Roma, o das maravilhosas praças!

Fontana di Trevi
Fontana di Trevi  após o restauro

Você sabe que Roma é cheia de praças, que são a sua característica principal, que dão todo o charme à essa cidade.
A fantástica urbanização feita pelos papas, que foram grandes visionários no período do Renascimento, ainda pode ser vista no centro histórico e perto das grandes basílicas, como Santa Maria Maior e São João em Latrão.

Praça Navona
Praça Navona

Nós passamos pelas principais praças do centro, entendendo como foi que se deu a transformação urbanística de Roma nos séculos, pois tudo o que foi construído pelos papas... foi em cima de monumentos e edifícios do mundo antigo, na área chamada de "Campo Marzio".

Pantheon

Por exemplo, o Pantheon, fica no coração do centro histórico e ainda bem que foi poupado pelo tempo! O edifício tem, na versão como o vemos hoje, quase dois mil anos - mesmo que a inscrição no alto diga que foi o Agrippa qu eo construiu, mas disso falaremos quando você estiver aqui com a gente!

Edificio com colunas antigas

Para não passar batido por curiosidades como essas antigas colunas sem saber o que são ou o que fazem aí, vale muito à pena ter alguém que conte as histórias, mostre reconstruções, de modo que a sua viagem adquira o sentido de realmente ter estado aqui.

Pe antigo

Aliás, vemos a dificuldade em que as pessoas encontram em diferenciar o que é antigo do que é "moderno" (Barroco) no centro histórico. É por isso que nós estamos aqui, para explicar tudo, tim-tim por tim-tim!

Igreja Trindade dos Montes
Entrada da Trinità dei Monti, no alto da escadaria da Praça de Espanha

Eu adoro começar na Fontana di Trevi e acabar no Castel Sant'Angelo ou Campo de' Fiori, passando pelo histórico Antigo Caffè Greco perto da Piazza di Spagna, Pantheon, para acabar o dia com um copo de prosecco na mão.

Anjo da decoração da Ponte Sant'Angelo
Anjo, Ponte de Castel Sant'Angelo

Passamos pelas lojas mais chiques do centro, por brechós e no final do dia estaremos extasiados da beleza desta cidade, entendendo um pouquinho melhor como é que isso tudo se formou!

Eu, escolhendo flores no Campo de Fiori
Eu e as flores, em Campo de' Fiori!

Conhecer o centro de Roma a pé é sem dúvida a melhor pedida!

Se quiser um guia de turismo para o seu passeio, não hesite em escrever para patcarmobaltazar@gmail.com!

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Eataly - comer em Roma

"Deus está nos detalhes" - Albert Einstein
A entrada de Eataly, na estação Ostiense

O primeiro post que escrevi sobre como come-se na Italia, e especialmente em Roma, foi este aqui: http://guiaderoma.blogspot.de/2010/06/comendo-em-roma.html: o que comem os italianos, o que é um "primo", um "secondo", quais são as sobremesas típicas,etc. Se você está vindo pela primeira vez, não perca este post antes de ler sobre o Eataly!

Para quem mora aqui, é uma maravilha poder comprar um peixe tão fresco!

Para quem já sabe que comer em Roma não é comer, mas um maravilhoso degustar, fica a dica do novo centro de gastronomia romano: Eataly.

 
Foto de Howard Walfish, H-bomb - aconselho a fritura de peixe!

Departamento presuntos, salames e queijos!

... inclusive mil acessórios para a cozinha...

aqui mais alguns...

eu disse mil!!!

Localizado na zona Ostiense, perto da Pirâmide, este centro oferece todos os tipos de ofertas para papilas gustativas exigentes. São eventos, restaurantes e lojas com as últimas novidades - mas também as mais tradicionais!

Aqui vão algumas sugestões dos restaurantes temáticos:

Térreo Eataly:

No térreo, encontramos os irmãos Maioli, que produzem as "piadine", que é um pão típico do norte (cozinha da região da Emilia Romagna), e que muito provavelmente é o tipo de pão mais parecido com o que os antigos romanos comiam, que por sua vez, aprenderam com os povos do Oriente Médio. Este pão, que é como um "pão sírio" nosso, mas mais "chatinho", é recheado com verduras, queijos ou frios e aqui no Eataly, é assado pelos irmão de cuja família assa piadine há quatro gerações!

Depois temos o Ristorantino delle Verdure, (Restaurantinho das Verduras), que é um restaurante vegetariano, com verduras escolhidas entre os melhores fornecedores do Lácio, mas que também vêm de outras regiões se a qualidade for excepcional. Aqui vai o menu deles neste momento:

 

A Chocolateria do Piemonte "Venchi" há mais de cem anos de tradição e aqui no Eataly produz calda de chocolate artesanal em doi tipos diferentes: com Gianduia (com amêndoas da região de Piemonte), ou  Fondente, com chocolate amargo.

O sorvete escolhido para representar a Itália nesta festa dos sentidos foi o "Lait", de Guido Pollenzo, também da região de Piemonte. A matéria-prima é o leite concentrado, com adição de ingredientes genuínos, como as amêndoas de Piemonte, o café Illy ou o chocolate Venchi. De acordo com as estações, você vai encontrar sorvetes de frutas, milk shakes, frapês e saladas de frutas

A pasticceria é descrita como "salutista", onde o açúcar é utilizado com moderação e não se usam ingredientes artificiais. Aqui, você vai encontrar as delícias típicas de diversas regiões italianas, do lado da cafeteria Illy.

Pasticceria "salutista"

Primeito Andar Eataly:

No primeiro andar, tem a "Friggitoria", onde são vendidos alimentos fritos e embalados para o consumo imediato em um cone de papel, especialidade típica da região da Campania. Aqui podemos escolher entre peixe, carne, verduras da estação e mozzarella Eataly. Caso quisermos comer à mesa, basta sentar!

Seguimos com a cervejaria artesanal de três maestros cervejeiros que produzem as suas três cervejas aqui mesmo. Além deste luxo, podemos escolher entre 100 outros tipos de cerveja artesanal italiana.

Sempre neste mesmo andar, temos o "Mozzarella Show", onde podemos ver ao vivo e a cores como é feita a mozzarella de Caserta (cidadezinha da região da Campania). O senhor Roberto Battaglia, além de saber fazer mozzarella tem um grande senso cívico e denunciou a máfia que o chantageava na sua cidade. Poucas pessoas tem esta coragem aqui na Itália, e todos nós sabemos, que o futuro deste país depende da capacidade de poder continuar a dar vida à sua milenária tradição e cultura, que para mim são verdadeiros patrimônios culturais da História da Civilização Ocidental!

Olha como se faz a mozzarella!

Apaixonados de Pizza, fiquem aí mesmo, no 1º andar.
Aqui na Itália, a pizza é feita em vários modos: com massa fina (típica romana) ou massa espessa (típica napoletana). A direção da Italy se decidiu pela tradição napoletana, com a borda alta e macia, com massa que descansam por 24h! Os ingredientes mediterrânos são de primeira qualidade e a farinha é biológica é triturada com pedra natural. Estes "pequenos detalhes" fazem a diferença!

A este ponto, não podemos deixar de lado a pasta feita à mão no "Ristorantino della pasta". Como diz a direção do próprio Eataly, "é facilíssimo fazer uma boa pasta":  basta ter um grão de semolina de excelente qualidade, água de fonte especialmente equilibrada como a dos "montes Lattari", misturar os ingredientes lentamente, "trafilar" (fazer os fios de espaguete, ou qualquer outro tipo de pasta) com instrumentos de bronze e finalmente deixar secar em baixa temperatura! Aqui no 1º andar, você pode comer um prato de pasta feito desta maneira!

Neste dia, estamos pertinho do Cemitério Protestante (ou Acatólico), que fica pertinho da Pirâmide. Depois do almoço, uma caminhada aqui dentro é uma ótima sugestão para digerir o almoço!

Escultura, no Cemitério Acatólico

Na tua viagem à Roma, não perca esta experiência!

Eataly Air Terminal Ostiense
Piazzale XII Ottobre 1492
Tel. +39 06 90279201

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Centro Histórico de Florença

Firenze com Agnese!

Venha passear com Agnese, uma das poucas guias de Florença que fala português em Florença!



Foto de Kuster & Wildhaber Photography

O percurso do centro histórico abrange a Praça da Signoria, ao  Duomo, passando pelos principais monumentos, como Loggia dei Lanzi, Uffizi, Mercato Nuovo, Praça da República e naturalmente outras praças importantes das imediações.

Como digo sempre de Roma, Florença também é uma cidade cheia de mistérios e com história demais para qualquer um! Ver Florença com uma guia que desvenda os seus mistérios, seus símbolos e fofocas (!) é uma experiência que não tem preço! Tudo isso em português!



Agnese, em Florença

Para saber mais, escreva para patcarmobaltazar@gmail.com.


Outras cidades da Toscana:
Siena: http://guiaderoma.blogspot.it/2014/04/guia-de-siena-em-portugues.html
Volterra: http://guiaderoma.blogspot.it/2014/04/volterra.html
San Gimignano: http://guiaderoma.blogspot.it/2014/05/san-gimignano.html

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Workshop de cerâmica com Beth Cavener Stichter

Olympia,um trabalho de Beth Cavener Stichter

Uma conferência e encontro para conhecer uma artista de cuja caratcterística maior é a força expressiva, imediata e explosiva. Apresentará imagens de seus trabalhos e exporá a evolução do seu trabalho do ponto de vista conceitual, técnico e psicologico.

De tarde, na escola la Meridiana, Scuola Internazionale d'Arte Ceramica, a artista vai ter o prazer de mostrar e falar do trabalho que está fazendo atualmente durante o período de residência na Toscana.

Domingo, 21 de Outubro de 2012

10.30 - 12.30 Conferência em Certaldo Alto - Chiesa di San Tommaso
14.30 - 16.30 Estúdio aberto na La Meridiana, località Bagnano 135 - Certaldo

Este evento é organizado por   La Meridiana - Concreta - Comune di Certaldo

www.lameridiana.fi.it - www.arteconcreta.eu - www.followtheblackrabbit.com

Para mais infos, por favor escreva um email através da página http://www.guiabrasileiraemroma.com.br/#!contato/c1lmm

Para mais informações sobre a escola de cerâmica, leia o post:

Curso de cerâmica na Toscana

http://guiaderoma.blogspot.com.br/2012/05/curso-de-ceramica-na-toscana.html

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Vermeer em Roma

Quem tiver a sorte de estar em Roma até dia 20 de Janeiro de 2013 poderá ver oito maravilhosas pinturas de Johannes Vermeer nas Scuderie del Quirinale.



A expo inclui algumas raridades, como "Garota com copo de vinho", excepcionalmente emprestada pelo museu de Braunschweig, ou "Garota com o chapéu vermelho", do museu de Washington. 

Ao lado dos oito quadros de Vermeer, estarão expostas também cinquenta obras-primas do período de artistas contemporâneos a Vermeer, ícones da pintura holandesa, como Pieter De Hooch, Franz Hals, Gerrit Ter Borch, Gabriel Metsu e muitos outros. Todos estes artistas são caracterizados por uma habilidade especial na representação da luz sobre materiais e superfícies diferentes, com diversas técnicas.

Pintores de ambientes, o poeta Ungaretti (Alessandria d'Egitto, 8 de Fevereiro de 1888 – Milão, 1º de Junho de 1970)  definia este tipo de pintura como 
"resultado calmo, onde a luz vibra lentamente nos vidros e produz leves quedas que não caem; sombras e ambientes onde as pessoas estão recolhidas nos seus pensamentos e nos seus repousos".

A preciosa coleção apresentada nesta exposição fará com que o visitante entenda melhor este período e este pintor cheio de mistérios, começando pela data do seu nascimento, (ainda desconhecida) bem como de outros diversos contemporâneos do mestre de Delft.

O caráter dos quadros de Vermeer reflete a cultura da burguesia da Holanda do séc XVII. Seus temas de interiores de casas e o forte realismo característicos deste estilo fascinavam os colecionadores da época, mercantes, padeiros e produtores de cerveja, que expunham estes quadros nas suas casas, incentivando a produção de novas pinturas. 

Muito diversamente, na Itália este período se caracterizou-se pela produção de formatos grandes comissionados pela Igreja ou outras instituições, que deixavam, portanto, de lado, temas mais intimistas, como momentos da vida quotidiana, que retratassem, a família, a leitura o escritura de cartas, namoros, a música, o estudo científico, ou ainda as vistas das cidades, momentos de um mundo "fazedor" e silencioso, cheios de ironia e ternura.

Se voce estiver em Roma, não perca esta viagem!


COMO CHEGAR:
Onibus: 40, 60, 64, 70, 117, 170, H (descer na parada Nazionale/Quirinale)
Metrô: Linha A parada Barberini - Linha B parad
a Cavour

HORÁRIO
De Dom à 5a feira das 10.00-20.00
6a e sábado das 10.00-22.30
A bilheteria fecha uma hora antes do encerramento

TICKETS
Inteiro € 12,00
Meia € 9,50

domingo, 7 de outubro de 2012

Centro versus estrelas

Gostaria de parar de novo e escrever mais claramente sobre LOCALIZAÇÃO DE HOTEL EM ROMA.


Porta Settimiana, Trastevere

Roma é diferente de tudo o que você ja viu na sua vida, além de ser um lugar com muitas atrações turísticas. O funcionamento da vida, tudo, tudo, tudo é diferente em Roma. Por isso eu convido os leitores a deixarem de lado a busca por aparente  "conforto" durante a viagem por aqui (como estar em um hotel 4 ou 5 estrelas, se estes não forem muuuito perto do centro) a favor da ideia de conhecer melhor Roma, afinal toda essa viagem você está fazendo para conhecer uma cidade nova e o que ela oferece de especial.



Villa Farnesina, Trastevere

Os romanos são muito parecidos com os brasileiros, tem um modo muito bom de receber o estrangeiro e amam brasileiros. O grande problema romano está nos serviços, pois não são eficientes e treinados como os paulistas, nem necessariamente bem-humorados, ainda que saibam que o viajante não está fazendo um favor ao prestador de serviços, quando este o recebe: está trabalhando. Por isso escrevo este blog há anos. Gostaria de poder proteger o viajante brasileiro de coisas desagradáveis que podem eventualmente acontecer durante a viagem, mas que são por sua vez facilmente contornáveis, de modo que tenham uma estadia perfeita.



Ponte Sisto

Utilizar a piscina de um hotel em Roma, sobretudo se o hotel não está no centro, é uma possibilidade remota, com as tantas atrações que Roma oferece. Aqui, você vai querer acordar cedo e ir bater perna, ver que maravilha é esta cidade, em vez de ficar numa piscina. O objetivo do jogo é chegar tao cansado no hotel, que você só toma um banho e cai na cama para acordar cedo e sair caminhando no dia seguinte. 



Músico japones sobre Ponte Sisto

Assim aconselho que em vez de estrelas e conforto, o viajante escolha um bom bed&breakfast, mas BEM no centro, para que possa fazer tudo a pé, evitando táxis e onibus. As zonas privilegiadas são (se ao redor de Termini), para baixo de Via Cavour (inclusive, Santa Maria Maggiore), Trastevere, Vaticano, além de centro, naturalmente (veja imagem da página http://guiaderoma.blogspot.com.br/p/hoteis-em-roma.html para se certificar da tua escolha!). 




Voce vai notar que lendo com atenção estas linhas, não vai ter que precisar perguntar a ninguém se a localização do teu hotel é boa ou não, pois, volto a dizer, o conteúdo deste blog visa a tornar o viajante mais consciente sobre a cidade, além de oferecer serviços de qualidade.


Boa viagem a todos!


Para sugestão de Bed&Breakfast em Trastevere, escreva para patcarmobaltazar@gmail.com.