quinta-feira, 12 de julho de 2012

Embaixada Brasileira em Roma: Piazza Navona

Guias de Turismo que falam português em toda a Itália: http://guiaderoma.blogspot.de/p/excursoes-com-guia-guided-tours_25.html


Olimpia Maidalchini nasceu de uma familia de Viterbo sem origens nobres e muito simples; a garota era muito ambiciosa, esperta e até bem bonitinha. Todas estas qualidades a ajudaram a executar seu plano de subir na sociedade romana.
Seu primeiro marido foi um homem rico que morreu cedo. "Pimpa" (como era chamada) tinha somente vinte anos quando se casou de novo. Também desta vez, o novo marido tinha uns trinta anos a mais do que ela e  se chamava Pamphilio Pamphilj. Este neo-marido era  irmão de um tal cardeal, que depois de alguns anos se transformaria no famosíssimo Papa Inocêncio X.
Desta vez, o plano de Olimpia tinha mesmo funcionado.

Fontana dos Quatro Rios, de Bernini

Quando o segundo marido passou para a melhor, o poder de Donna Olimplia atingiu o seu máximo, dada à forte influência  que ela exercia sobre o cunhado. Em pouco tempo, ela se transformou na conselheira mais preciosa do novo Papa, com muito poder e inumeras regalias. Embaixadores, artistas, comerciantes, políticos e todos os personagens importantes em Roma ofereciam presentes à ela para conseguir cair nas suas graças e serem apresentados a Inocencio X.
Olimpia mandava e desmandava como uma rainha.  - Pimpa nao era bolinho!



Piazza Navona com obelisco egípcio no fundo (foto minha)

Em 1655, poucas horas antes da morte do Papa Inocêncio X, a nossa "Pimpa" se sentiu ameaçada (dado que nao era por nada bem vista pelo povo), encheu dois baús de moedas de ouro, entrou numa carruagem e fugiu correndo da sua residência, para onde nunca mais voltou!

Conta-se uma lenda na qual o fantasma de Donna Olimpia aparece às vezes em uma carruagem negra em alta velocidade, atravessando Ponte Sisto, indo em direçao à Trastevere; coisas de Roma....

A residência de Donna Olimpia é o que hoje conhecemos como Palazzo Pamphilj. E' uma construção maravilhosa  de 1644-1650, do arquiteto Rainaldi, que também contribuiu para a contrução da igreja ao lado do Palazzo (a "capela" da família), Santa Inês em Agone.

O Palazzo Pamphilj é sede da nossa Embaixada em Roma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário