quinta-feira, 10 de maio de 2012

Curso de cerâmica na Toscana

Oferta de cursos para 2014: http://guiaderoma.blogspot.de/2013/11/cursos-de-ceramica-na-toscana-2014.html


Tive a sorte de estar aqui tanto tempo para conhecer grandes artistas e artesãos, que agora posso sugerir a quem tiver interesse: Orietta Mengucci e Pietro Elia Maddalena oferecem cursos de cerâmica no coração da Toscana, proporcionando a estadia neste lugar beijado por Deus numa experiência inesquecível! 

Os cursos são dados o ano todo, têm uma duração de 6 à 15 dias e as inscrições estão abertas!



Paisagem típica da Toscana


Aqui, a apresentação formal da Escola La Meridiana, que existe há 31 anos:



A escola, no coração da Toscana

QUEM SOMOS



Entrada da escola de cerâmica La Meridiana 

A Meridiana é uma Associação Cultural, cujo objetivo é o desenvolvimento da arte da cerâmica. Foi fundada em 1981, por Piero Maddalena, inicialmente com cursos de verão. Ao passar dos anos, a reputação dos cursos cresceu e a escola se transformou no instituto privado de ceramica mais importante da Itália.

O laboratório amplo e com muitos recursos unido à qualidade do ensino oferecem uma experiência de estudos intensa e completa.
O ambiente dos arredores, com amplos espaços externos e atmosfera descontraida, fazem da estadia conosco férias inesquecíveis.


Pietro com alunos




Orietta Mengucci trabalhando 



Aluno carregando o forno a lenha


Aluna em curso de elementos arquitetônicos


Ruthann Tudball com alunos, 2011


Do workshop com Ruthann Tudball, 2011

HOSPEDAGEM



 
Uma cozinha típica de casa colonial

Os nossos estudantes ficam hospedados em apartamentos de casas  coloniais, a 10 minutos a pé dos estudios.

Estes apartamentos são quartos para uma ou duas pessoas, com banheiros em comum, uma cozinha com tudo necessário para preparar uma refeição, além de uma sala de  jantar.
Vários espaços ao ar livre oferecem panoramas idilíacos para a convivência dos estudantes.
Existe também a possibilidade de  se alugar um quarto de hotel ou um apartamento, opção esta de maior custo em relação às casas coloniais.


Quarto típico

COZINHA


Um delicioso almoço completo é preparado todos os dias úteis pela nossa cozinheira da escola. Os estudantes devem pensar ao café da manha e ao jantar. Restaurantes  e pizzarias locais representam uma boa  alternativa para explorar a singularidade da cozinha italiana.


GASTRONOMIA TOSCANA


Pietro pilotando o forno a lenha, fazendo pizzas

Os florentinos adoram contar como a Catarina dei Medici, que se casou com Henrique II em 1533, introduziu receitas à corte e deu o tom à cozinha francesa, hoje famosa no mundo inteiro.


É bem verdade que a gastronomia florentina do Renascimento atingiu um nível de requinte extremamente elevado, mas sabemos que o que sempre destacou a culinária toscana desde os tempos dos etruscos foi a sua nobre simplicidade.

A cozinha rural é baseada na genuinidade dos produtos de cada estação, temperados com o explendor do delicado azeite toscano.
Os Toscanos são fanaticos por produtos frescos e de qualidade: favas, aspargos e  alcachofras na Primavera; batatas, pepinos e abobrinhas no Verão; todos os tipos de verdura e fungos (especialmente porcini) no Outono; repolho e alho-porró no Inverno.
Ervas aromáticas, especialmente alecrim e salvia temperam o cardápio toscano o ano inteiro, bem como diversas variedades de feijões (secos ou frescos), como toscanelli, cannellini e zolfini, que deram o apelido de 'comedores de feijão' aos toscanos.




Pizza saindo do forno, de noite

 
OS VINHOS

A Toscana continua a ser a região italiana mais dinâmica no que tange a produção de vinhos de alta qualidade, depois de décadas de Chianti a baixo custo.

A estação renascimental do vinho toscano iniciou em Chianti, nas colinas centrais entre Siena e Firenze, mas alastrou-se rapidamente, chegando na costa do mar Tirreno, região até então com vinhos ainda pouco conhecidos.
Este progresso se deve aos clássicos tintos, basados na uva nativa Sangiovese.
Chianti Gallo Nero, Brunello di Montalcino, Vino Nobile di Montepulciano e Carmignano sao todos DOCG (com Denominaçao de Origem Controlada e Garantida, a mais alta classificaçao possível para um vinho). O sucesso crescente de outros tintos (especialmente a moda dos vinhos nao-DOC, conhecidos como "Super Tuscans") foi facilitada pelos novos estilos de brancos, que valorizam a reputação regional.
Os Chianti, ainda o ponto forte dos vinhedos toscanos, pode ser classificadocomo o vinho italiano mais famoso no mundo. Isso deve-se ao fator comercial (larga escala de vendas de alta qualidade) e à sua personalidade, que não pode ser completamente descrita. A sua natureza complexa reflete a verdadeira alma italiana.

Para os italianos, estar à mesa é um dos maiores prazeres da vida.

Comer na escola La Meridiana significa ofrer prazer  ao paladar e ao mesmo tempo nutrir-se de alimentos saudáveis. A maior parte dos nossos almoços acaba com um aplauso à nossa cozinheira. A nosso chef, Lucia, é orgulhosa de oferecer aulas de cozinha depois do trabalho no estúdio aos estudantes que tenham vontade de estar algumas horas juntos à ela, aprendendo como preparar  jantares fabulosos.

Buon appetito!



Para mais infos, por favor escreva um email através da página http://www.guiabrasileiraemroma.com.br/#!contato/c1lmm

 Alunos em um momento de pausa, Alternative Raku, 2009

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Região dos Lagos, Castel Gandolfo



27 Maio 2013, com o grupo de 8 pessoas de Claudia, João Pessoa


27 Maio 2013, no restaurante típico em Frascati, com Claudia, João Pessoa



indo à Castel Gandolfo (residência de verão do Papa), com o grupo de Claudia 


primeira visão do maravilhoso lago de Albano, depois de Frascati

Grottaferrata, abadia do século XI

Grottaferrata, interior da abadia maravilhosa de São Nilo

Afrescos do Domenichino, pintados entre 1608 e 1610 - San Nilo recebe
o Imperador Ottone III em Gaeta


Foto de Neusa Vaz e Luiz Carlos na entrada para Castel Gandolfo, a residência de verão do Papa - Abril 2012

Degustação de vinhos na região dos lagos: 


Passeando na vinícola biológica perto de Roma
 Degustação de vinhos na região dos lagos (região vulcânica, com ótima terra para as videiras!)

Arredores de Roma: região dos lagos. É la' que o Papa tem a famosa residência de verão. E' liiindo la'. E é muito pertinho!

A região dos lagos está sobre uma superfície de origem vulcânica de mais de 10 milhões de anos. Os lagos que vemos hoje, estão dentro de antigos vulcões: a areia é preta e a cor do lago é um turquesa cristalino. Aos pés do Lago de Albano, existem ruínas da Antiga Roma. Em Castel Gandolfo, voce aprecia a praça onde tem o palacio papal. Têm muitas coisas para ver nesta região pertinho de Roma: Frascati, onde come-se muito bem por um bom preço e de onde vem o famoso vinho; em Grottaferrata tem a linda e antiga Abadia de San Nilo; em Nemi, tem um lindo centrinho e é um lugar onde o Imperador Calígola organizava batalhas navais no lago para se divertir! 

Pouco antes da Primeira Guerra Mundial, encontraram duas naves no fundo do lago e as reconstruiram. Existe um museu, onde pode-se visitá-las. Site do Museu: Museo delle Navi.

Outra cidadezinha desta zona é Ariccia, famosa pela "porchetta" , que é porco assado com muitas ervas aromáticas - tem foto neste post: Excursão à região dos Lagos: Nemi.

Aqui o que Neusa me escreveu, quando chegou de viagem:

"Gostaria de lhe agradecer imensamente o cuidado com nossos passeios. O serviço foi irretocável. O Mário, o motorista que foi destacado para nos conduzir falava inglês perfeitamente então foi ótimo, além de ser um verdadeiro cavalheiro.
A Maria e a Luísa são realmente duas jóias lapidadas no conhecimento, cultura e nos anos de vida. Elas são fantásticas, cada uma a seu modo.
A Luísa extremamente solícita. Foi nos encontrar no hotel e de lá pegou o táxi conosco até o Coliseu. Deu-nos uma aula de história inesquecível. Rápida, ligeira, preocupada em não deixar nenhuma explicação de lado. Uma companhia agradabilíssima.
A Maria de riso solto, fácil. Conhece o Vaticano como seu fosse sua cozinha. Foi nos conduzindo com maestria, sempre a nos explicar e contar toda a história.
Ano que vem se Deus quiser volto a Roma para mais uns 10 dias e espero poder contar com você.
Muitíssimo obrigada e um grande abraço.
Neusa Vaz"

Obrigada, Neusa, por apreçar o cuidado com o qual cuidamos dos nossos clientes!


Reserve a sua excursão com os nossos motoristas de confiança!