domingo, 2 de janeiro de 2011

Hospedagem em Roma

Onde ficar em Roma?

As zonas marcadas em verde sao as melhores zonas para ficar. No "miolinho" delas, ainda melhor. Este mapa turistico dos hoteis de Roma mostra as zonas limitrofes de onde escolher o seu hotel.

Roma está acostumada a receber visitantes há dois mil anos.

Eu tenho as idéias muito claras sobre onde ficar na cidade eterna e gostaria de dividir isso com você.
O centro é relativamente pequeno e se você gosta de caminhar, dá para fazer tudo a pé. Se não gosta de caminhar, têm uns ônibus pequenininhos, com capacidade para 15-18 pessoas, que cobrem boa parte da preciosa superfície do centro-histórico de Roma. Por isso eu aconselho, sem sombra de dúvida, no centro, mais precisamente nas seguintes zonas:

Termini é bom (seeeempre tenha cuidado com batedores de carteiras). Perto da Via Nazionale (ou Teatro dell'Opera), Via Cavour, Via Palestro, Via Magenta, Via Volturno.
Os ônibus que passam perto destas ruas têm uma rota frequente, o que ajudam o visitante que não queira caminhar muito, ou que no final do dia queira pegar um meio de transporte para voltar ao hotel.

Da Via Cavour, se desce indo pra Santa Maria Maggiore e mais embaixo pro Coliseu, numa zona excelente pra ficar.
A Zona Coliseu - Labicana é muito boa. Você fica entre o Coliseu e a Catedral de San Giovanni (Catedral do Bispo de Roma, que é o Papa), zona antiga, "muito romana", talvez não para todos os bolsos. Isso inclui também uma zona que se chama "Aventino", muito arborizada, que está no caminho do Coliseu à Pirâmide.

Trastevere é muito gostoso, fica do outro lado do Rio Tevere, famoso pela atmosfera boêmia e bons restaurantes. É bem fornecido pelas linhas urbanas, tem o "8", um tram elétrico que passa a cada 10 minutos. Ai, se todas as linhas funcionassem como essa, Roma seria um paraíso! Isso faz o inteiro Viale Trastevere (até a Estação Trastevere, vira à direita e sobe pros lados da Via de Dona Olimpia e a parte de trás de Monte Verde), muito viável.

O Termini é ligado à Basílica de São Pedro praticamente pela Via Nazionale, onde passa o também frequente 64, o que faz tudo o que estiver neste percurso extremamente prático.

Toda a zona nos arredores do Vaticano são um pouquinho afastadas do centro-centro, mas é uma zona muito boa, servida de várias linhas de ônibus que sobem o Corso Vittore Emanuele II ( que nada mais é do que a continuação da Via Nazionale), fazem longos trechos do Lungotevere, para quem quiser também visitar Monte Testaccio ou o mercado de Porta Portese.
A zona ao redor do Vaticano conta também com o lado da Via Gregorio VII e suas travessas. Essa zona também tem muitos ônibus que passam e é relativamente fácil chegar ao "centro-centro" de lá.

Viale Ostiense e o Gasometro (perto da Pirâmide) é uma zona com preços mais populares, mas com algumas vantagens: a proximidade à Estação Ostiense (que é colegada ao Aeroporto), à Testaccio e o fato de ter duas linhas de ônibus que passam com uma boa frequência, que levam ao centro e à Trastevere.

Tudo o que for "perto do estádio Olímpico", na Trionfale, Balduina é longe demais e o serviço de ônibus não é confiável.

Todas as "Piazze" são também ótimas localizações.

Se deixei de nomear uma zona que você queira saber se é boa ou não, faça um comentário. Ao tirar uma dúvida, você está fazendo duas coisas boas: seguramente está ajudando um outro visitante de Roma que pode ter a mesma dúvida que você, e este blog a ficar mais completo!

PS: Mesmo que se fale que o hotel mais antigo do mundo, o Hōshi Ryokan, foi aberto 1300 atrás no Japão e - pasmem! - é dirigido pela mesma família há 46 gerações, sabemos a popularidade da sepultura do discípulo Pedro, que morreu em Roma. Desde os tempos mais remotos, católicos chegam dos quatro cantos do mundo para prestar uma homenagem à essa figura tão importante. Existem zi-lhões de hotéis e pensões em Roma, sobretudo depois do ano 2000, ano em que o governo subvencionou todo mundo que tinha um teto para transformá-lo em alojamento para pelegrinos. Seja cuidadoso(a) ao escolher o seu hotel, pois desta escolha vai depender o tempo que você vai precisar para chegar aos monumentos que são o objetivo da tua visita à cidade eterna!

Nenhum comentário:

Postar um comentário