quinta-feira, 11 de setembro de 2014

O Mausoléu de Santa Constança

Vou tentar escrever um post sem adjetivos, como "maravilhoso", "fantástico", etc, para experimentar. É muito difícil não ficar de boca aberta o tempo todo nesta cidade - e são 16 anos anos que digo isso!

Vamos ver se consigo escrever de uma coisa tão marav...., ops, quero dizer, vamos ver se consigo descrever um monumento do IV século que é uma igreja sem me "abalar".  Aliás, a última vez que passei lá estava tendo um casamento e ainda de quebra ouvi a Ave Maria, que é uma contribuição que sempre combina com os monumentos religiosos de Roma!

Entrada do Mausoléu de Santa Constança

Este Mausoléu foi construído entre 340 e 345 e a sua função inicial era ser o monumento funerário da Santa Constança (ou Constantina), a filha do Imperador Constantino.

O corredor e a decoração de mosaicos

Aonde e um pouco de história do Monumento de Santa Constança em Roma

O Mausoléu foi construído perto da catacumba onde tinha sido enterrada a Santa Agnes, de quem Constatina era devota.
Por curiosidade o nome "Agnes" vem do grego Hagnos, e significa "pura", "santa", "consagrada". Esta santa sofreu seu martírio em Roma no ano de 250, muito provavelmente no que é hoje a Piazza Navona.

Aqui existia uma enorme basílica que tinha sido construída muito provavelmente por ordem da própria Santa Constança, com uma capela originalmente reservada para conter os seus restos mortais, o que demonstra a devoção de Constança à santa.
Infelizmente, desta antiquíssima basílica vemos hoje somente restos de muros perimetrais.

Interior do Mausoléu de Santa Constança

Relembro que segundo as leis antigas era proibido enterrar os mortos dentro dos muros da cidade, por isso encontramos vários monumentos funerários nas grandes ruas de saída da cidade, como por exemplo a Nomentana a Salaria, Casilina; a mais famosa é a Via Appia!

Este monumento se encontra a aproximadamente 3km ao norte dos Muros Aurelianos.

No VI século, este mausoléu se transformou em um batistério e em 1254 foi consagrado como igreja pelo Papa Alexandre IV.

A curiosa construção redonda

O edifício redondo tem uma estrutura parecida com a igreja de Santo Estevão, com planta circular.
O ambiente é dividido em duas seções por colunas duplas de sustentação de granito verde e vermelho e é coroada por um grande tambor.
O material utilizado foram os tijolos, que tinham um acabamento com mármores coloridos, que infelizmente não chegou até nós.

O que podemos apreciar hoje, além da construção, são os mosaicos do IV século (ano 360) do teto abobadado, são os mosaicos monumentais mais antigos de Roma. O tema é típico do período em que foi realizado, com desenhos geométricos sobre fundo branco, cenas de vindima, pássaros e flores. Interessante notar a iconografia romana "de transição" do mundo pagão ao mundo cristão, mas ainda muito ligada ao primeiro.

Engraçado pensar que durante o Renascimento pensaram que este monumento tivesse sido um "Templo de Baco", pelas tanas cenas de colheita de uva no teto!

Detalhe dos mosaicos do teto do corredor, com cenas geométricas, 
colheita de uva e flores

Detalhe do tema da vindima

Mosaico da "Entrega das Leis"

A parede interna têm recortes com nichos, onde podemos ver uma cópia do sarcófago de Santa Constança. O original se encontra hoje nos Museus Vaticanos.

A cópia do sarcófago de Santa Constança - o gesso imita o pórfido vermelho
a pedra dos imperadores

Esquina da Via Nomentana e Via di Santa Costanza

Confesso que foi muito difícil escrever sobre este monumento sem utilizar as palavras "mravilhoso" e etc., pois a beleza e os mistérios de Roma nunca deixam de me maravilhar!

Endereço, horário de abertura e como chegar

-Via Nomentana, 349, Roma.

- Ônibus 90 (a partir de Termini) ou 36 
-Metrô B (linha azul) - estação: Annibaliano

Horário de abertura ao público:

9.00–12.00h e 16.00–18.00h

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Segurança em Roma

Roma é segura?

Como quase todas as capitais do nosso planeta, Roma é uma cidade onde, sim, é necessário tomar alguns cuidados. Antes de escrever os meus conselhos, aviso que ando sozinha pelo centro de noite, pego ônibus, táxi e caminho a pé - basta prestar atenção a algumas coisas para que a sua estadia não tenha surpresas desagradáveis.

Sublinho o fato que aqui é difícil que aconteçam os horríveis "sequestros", como em São Paulo. A modalidade preferida dos batedores de carteiras/trombadinhas em Roma é o furto, atividade exercitada muitas vezes em "equipe"; muitas vezes esta equipe é formada por menores de idade, que não podem ser presos e em caso de flagrante, são soltos depois de poucas horas e retornam à atividade.

Este post é dividido em situações típicas, lugares e dias da semana onde serão descritas as modalidades onde é bom ligar as antenas e as precauções a serem tomandas em cada situação.


1) Situações típicas:

- Chegada no aeroporto Fiumicino / Leonardo Da Vinci (as dicas servem também para estações de trem)

Quando pegar o carrinho para apoiar as malas, tenha sempre a sua bolsa com passaporte/dinheiro/cartões de crédito numa bolsa sobre os ombros, grudada no corpo: não apoie a bolsa no carrinho.

Não deixe as tuas malas fora do teu campo de visão. Lembre-se: a tua primeira preocupação tem que ser as tuas malas. Analise tickets, horários, indicações de saída, comida, banheiros, lanches e café depois de ter colocado as tuas malas dentro do teu campo de visão!

segurança em roma

Acabam de pegar a quadrilha "da mostarda", que sujava a roupa de passageiros recém chegados para depois "ajudá-los a se limpar", enquanto uma outra pessoa roubava  a sua mala.
Imagem abaixo do video inteiro da página do jornal: http://video.repubblica.it/edizione/roma/fiumicino-il-trucco-della-mostarda-tre-borseggiatori-arrestati/152898/151403

segurança em roma

Esteja atento a pessoas que ofereçam serviços de transfers no aeroporto: pode se tratar de um serviço de transfer coletivo onde o cliente paga menos do que os veículos autorizados, mas o viajante é obrigado a esperar que a van "se encha", e eventualmente depois de muita espera, se o cliente desistir, pode haver violência.
Para que iniciar sua viagem assim?

- Taxistas: o meu post de 2011 ainda é bem atual, além de explicar as taxas cobradas do aeroporto e também no interior da cidade, além de tarifas extras para malas/volumes grandes: http://guiaderoma.blogspot.de/2011/01/taxi-em-roma.html

- Existe uma estação de trem mais perigosa do que outra?
Sim, esteja especialmente atento no Termini e na estação Trastevere. A estação central é sempre a mais "delicada" em todas as cidades da Europa, pois "todo o tipo" de gente vem e vai, não só "gente boa"; Em relação a Trastevere, a razão é muito simples, pois a prefeitura tirou completamente a polícia de Trastevere, vocês podem imaginar com qual resultado!

Não é necessário tratar todo mundo mal e como suspeito, mas é extremamente necessário deixar a ingenuidade de lado, pois você está, sim, em território europeu, mas sem dúvida com muita "ginga latina" - coisa que nós, brasileiros, conhecemos muito bem!

2) Meios de transporte público em Roma

Regra nº1: Homens: nunca, nunca, nunca coloquem as suas carteiras no bolso de trás da calça nem no bolso da frente da camisa.
Regra nº 2: Deixem documentos no hotel, levem somente uma cópia do passaporte com vocês.

segurança em roma
Não dê bobeira! Carteira no bolso de trás, não!!!

Se posso dizer o que acho mesmo que seja a coisa mais segura, é ter uma bolsa de tecido para pendurar coisas importantes no pescoço e colocar dentro da camisa.

Atenção dobrada no ônibus número 64, pois ele liga a estação central com o Vaticano e Basílica de São Pedro, pessoas com poucas boas intenções gostam muito desta linha!

Não aceite ajuda para comprar tickets na estação Termini, pois as pessoas que oferecem não são confiáveis! 

segurança em roma
Na estação central, muita gente espera para "ajudar" na compra de tickets - não caia nessa!

Teve também uma triste notícia sobre furto na escada rolante da estação Termini: ladrões bloqueiam a escada e um chega por cima e outro por baixo, em total 3 pessoas agem para praticar o furto. Quando a escada se bloqueia abruptamente por um deles, as pessoas podem perder o equilíbrio; se têm malas, mais delicada ainda a situação! Aí os outros dois ladrões fingem de te ajudar com malas e tal, mas logo depois você percebe que foi roubado.

Nas horas do "rush" é mais provável que aconteçam furtos no metrô; você está de férias e pode planejar teus deslocamentos  fora deste horário, onde tem um maior controle visual da estação onde estiver.

segurança em roma
Still de vídeo onde duas pessoas planejam roubar turistas no momento da subida do metrô

3) Lugares de Roma onde é bom estar antenado

Sem sombra de dúvidas, respondo: Coliseu, arredores da Praça São Pedro e Via del Corso (onde têm muitas lojas interessantes de comércio) - fácil, gente: onde tiver multidões é bom prestar atenção. Simples assim.

No Coliseu a gente ouve muito do truque da "fotografia"; infelizmente é melhor evitar aceitar ser fotografado por alguém que não conheça lá.

Nada a acrescentar à modalidade de furto: grupinhos com as mais variadas técnicas para confundir o viajante e furtá-lo.

A Via del Corso fica fechada para carros aos domingos e o comércio, aberto.
Já aconteceu com um amigo canadês, por exemplo, de estar passeando na Via del Corso e receber um beliscão no ombro; enquanto ele parava para entender o que estava acontecendo, do outro lado (onde estava a sua carteira, no bolso superior da camisa), uma mão roubava seu passaporte e sua carteira. Foi muito chato e hoje, com tantas dicas, fica fácil para você evitar este tipo de furto!

4) Dia da semana 

Segurança nas quartas-feiras em Roma: Pois é o dia da Audiência com o Papa, veja o post http://guiaderoma.blogspot.de/2012/04/audiencia-de-quartas-feiras-com-o-papa.html, dia onde Roma recebe tranquilamente mais de 80.000 fiéis que desejam ouvir o Papa. Infelizmente é um dia no qual batedores de carteira aproveitam da inocência de viajantes cheios de expectativas na cidade eterna.

Segurança nos domingos em Roma: como nas quartas-feiras, aos domingos tem o Angelus (leia "O que é o Angelus" aqui: http://guiaderoma.blogspot.de/2012/12/o-que-e-o-angelus.html), 

Finalizando o post: Situações absurdas e criativas

Outro dia estava indo à casa de uma amiga, quando um senhor mais velho e vestido em modo muito simples que estava caminhando na minha frente se abaixou e pegou uma coisa do chão. Ele
me mostrou um anel "de ouro" e me ofereceu. Eu disse que se ele tinha achado, que tinha tido sorte e ficasse com ele. Aí ele respondeu que "a sua religião não permitia" e insistiu para que eu pegasse o anel; com certeza ele exigiria uma recompensa depois! Naturalmente eu não peguei o anel e comecei a caminhar rapidamente, para me afastar dele.

Como você pode ver, as situações onde você corre o risco de ser furtado são quase tão "inocentes" quanto a nossa própria inocente curiosidade quando chegamos num lugar tão lindo e desconhecido. Não é comum o uso de violência corpo-a-corpo!

Use estas dicas para se proteger, mantenha alto o teu nível de atenção e você vai ver que nada vai te acontecer!

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Vale a pena pegar uma guia que fale português em Florença?

Veja como os Drumond aproveitaram bem o tempo com a guia que os pegou na estação e os acompanhou pelo centro-histórico desvendando segredos, particularidades e detalhes que dificilmente teriam sido vistos sem uma guia:

Primeira parada obrigatória: Santa Maria Novella!


Santa Maria Novella, Florença
Firenze: na frente da Santa Maria Novella

Mil coisas para ouvir sobre a zona, sobre corantes de tecido (é, isso mesmo, leu bem: corantes de tecido têm tudo a ver com essa igreja :} ), crucifixo do Giotto, se não por outra razão, esta era uma igreja muito amada pelo nosso Michelângelo!

O passeio segue entrando pelos meandros do centro, em direção ao rio Arno, mas com uma parada muito especial:

Guia de turismo em Florença
Guia chama a nossa atenção para detalhes incríveis!

As famosas "portinhas" através das quais alguns produtores vendiam seus  vinhos. Quem e em quais condições, você vai ficar sabendo quando vier!

Palazzo Strozzi, Florença
Palazzo Strozzi: excelente exemplo de arquitetura renascimental

Puts! daí a gente para no Palazzo Strozzi para entender não só este incrível exemplo de arquitetura civil do Renascimento, mas para entender também certas dinâmicas da vida da cidade naquele período.

Em Firenze tem uma pequena maquete do centro histórico da cidade que ajuda bem a compreensão da urbanização da cidade;nós não perdemos a oportunidade de parar e ter a perspectiva vôo de pássaro sobre Firenze!

maquete de Florença
Maquete de Florença

Caaaalma, estamos quase chegando no rio onde tem a famosa ponte, mas primeiro vamos ver o que a gente chama de... Fontana di Trevi de Firenze :) 

Fonte do porquinho, Florença
"Fonte do porquinho", fontana del porcellino

Aaaaah! Que beleza! Valia a pena atravessar o oceano só para chegar neste lugar... subir nesta ponte, saborear este panorama que encanta o mundo há centenas de anos: Ponte Vecchio!

Ponte Vecchio, Florença

Enfim chegamos na Piazza della Signoria...

Davi do Michelangelo, Praça da Senhoria, Florença
Foto da cópia do Moisés com duas pombas na cabeça ;)

centro-histórico de Florença Palazzo Vecchio

E esse rabisco no muro? Ah! A gente revela este segredo quando voces tiverem aqui!

Perseu com cabeça de Medusa

Palazzo Vecchio, Florença
Entrada do Palazzo Vecchio

Daqui fomos à Santa Croce - igreja onde se encontra a sepultura de Michelangelo (mas também Galilei, Machiavelli, Rossini) resumindo, sublimes almas italianas que marcaram a História!

Linda foto da Santa Cruz (Santa Croce), por Giuseppe Moscato

guia de turismo florença santa maria das flores duomo de firenze
A rainha de Florença: Santa Maria das Flores

Aqui acaba o nosso passeio: entre o Duomo de Firenze, a Catedral Santa Maria das Flores e o batistério.

Depois das últimas dicas da nossa guia, podemos ir diretamente a um restaurantinho para matar a fome... curtindo os mais genuínos sabores toscanos!

Os Drumond - casal tão lindo que até poderiam ser modelos - a quem agradeço a gentil disponibilidade de poder utilizar estas fotos com a guia de turismo de Florença da nossa equipe!

O retorno à Roma foi com o trem que sai de Firenze (Santa Maria Novella SMN) às 17:04h e chega em Roma às 18:30 à Roma Termini

Então, vale a pena?

Para organizar e estruturar sua visita, reserve uma guia em português que faça o centro histórico em ~2,5h em português: 
 escreva um email para patcarmobaltazar@gmail.com. 

domingo, 27 de julho de 2014

Guia de turismo em Veneza

Se quiser uma guia que fale português em Veneza, este é o percurso que fazemos Segue descrição do passeio com guia em português em Veneza:


Guia de Turismo: visite Veneza com guia de turismo em Portugues
São Marco, foto de BillT

O tour dura 2 horas e normalmente e começa na Piazza San Marco, onde se conhece a história de todos os monumentos principais: Torre do Relógio, Campanário, Procuratie, etc. Depois se entra na Basílica de S Marco (onde a entrada sem fila custa € 1 por pessoa).

Questa prima parte dura circa 1 ora.

Guia de Turismo: visite Veneza com guia de turismo em Portugues

Na segunda hora do passeio pode-se escolher: entramos no Palazzo Ducale (pagando € 16 por pessoa)  para visitar o museu atravessando a ponte dos suspiros e entrando nas famosas prisões ou

Guia de Turismo: visite Veneza com guia de turismo em Portugues
Canal, foto de Erik Larson

estes monumentos são vistos somente do lado externo e se faz um passeio pela Veneza insólita, passando por S Maria Formosa, Santos João e Paulo, S Marina, casa de Marco Polo e Rialto, onde finalizamos o tour.

Guia de Turismo: visite Veneza com guia de turismo em Portugues

Para reservar seu tour com guia em português em Veneza, escreva para patcarmobaltazar@gmail.com.

Guia de Turismo: visite Veneza com guia de turismo em Portugues
Gôndolas, foto de Dr. Savage 

terça-feira, 22 de julho de 2014

Chapéus assinados por Valentina Sarli

Criações de Valentina Sarli

Qualquer pessoa que acompanhe meu blog sabe que eu não dou preferência às compras - perdão! Meu negócio é cultura e História deste maravilhoso país. Naturalmente compras fazem parte da maior parte das viagens, por isso fiz a página Compras em Roma dois zilhões de anos atrás, onde pacientemente coloco novas lojas importantes que abrem aqui em Roma, com endereço e telefone, o que a transforma numa ótima "páginas brancas" para quem vem à Roma.

Criações de Valentina Sarli

Voltando à interessantíssima cultura, fico muito orgulhosa de estar em Roma há tanto tempo para poder indicar em português delícias de design, como a ourives Luisa Bruni, artista de grande talento e que conheço pessoalmente. Peças feitas à mão e que combinam a tradição italiana com o design made in Italy são uma verdadeira paixão: além de se tratar de objetos pagáveis, você não apoia uma marca, muitas vezes "italiana", mas que já foi vendida para uma multinacional chinesa ou francesa, comprometendo todos os princípios da sua concepção e produção.


Coleção "Arabic" Outono-Inverno 2014-2015, de Valentina Sarli

Este post fala de um talento muito especial, uma garota nos seus 30 anos que vem de uma família de alfaiates e que concentra a sua curiosa habilidade e criatividade em desenhar e produzir chapéus: Valentina Sarli.

Valentina Sarli

Valentina cresceu na alfaiataria do avô, em meio a tecidos preciosos, adquirindo familiaridade com o ABC
de conceitos como elegância, equilíbrio, combinação de cores e originalidade, que são as primeiras coisas que notamos hoje no seu trabalho.

Criações de Valentina Sarli

Criações de Valentina Sarli

Os tecidos preferidos de Valentina são a organza, cetim, chiffon, caddy e o algodão. Por que? "São tecidos que acentuam a preciosidade de um vestido elegante, como um vestido de noiva, ou valorizam uma toalete simples.", diz a designer - e basta ver as fotos para entender o que Valentina está dizendo!

Objetos tridimensionais de formas arrojadas, os chapéus de Valentina são verdadeiras esculturas "para vestir", que arrematam um look nobre e refinado.

Escolhas de quem, além do talento, possui uma destreza com seu material de trabalho.

Criações de Valentina Sarli

Fica a dica para quem gosta de roupas de festa, aprecia a alta costura ou tem um casamento aqui na Itália e quer arrasar no visual.

Ângulo do atelier de Valentina

Onde posso encontrar chapéus da Valentina?
- na Marlù Couture -  Via Marcantonio Boldetti 23 25 - Via Ignazio Giorgi 55 - Roma (zona PIAZZA BOLOGNA) - 00162 Roma
Horário: 09:00 - 20:00 - Telefone: 06 8621 9199

Página Facebook de Valentina:
http://id-id.fb.me/pages/Valentina-Sarli/155984251168271

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Relojoaria de confiança

Para falar de compras em Roma, nada melhor do que conhecer e confiar na pessoa que vende!

Este é Marco, um relojoeiro que trabalha no bairro de Prati (pertinho do Vaticano), que não só conserta relógios no seu pequeno e charmoso laboratório, mas tem uma oferta de relógios novos de grande gosto!

Marco, proprietário da relojoaria

Depois de anos da sua formação e experiência em diversas relojoarias, Marco herdou do tio a loja onde trabalha vendendo relógios e consertando, dos mais simples aos mais refinados.

a sua mesa de trabalho

Achei interessante a sua escolha de marcas e modelos, pois é reduzida, mas caracteriza quem apreça a beleza simples, e digo aqui "simples" no sentido de resultado de anos de dedicação ao próprio produto.

alguns Mondaine com o relógio típico das estações de trem suíças

Naturalmente nesta coleção não podem faltar os suíços: temos o Mondaine, representado pelo modelo inspirado pelos relógios das estações de trem, pérola de design do século XX que desde que foi lançado, em 1944, nunca saiu de moda.

variação do Mondaine com pulseira vermelha

A partir de 1986, a Mondaine lançou este famoso modelo com algumas variações, para atingir um maior público, arredondando os lados e fazendo a linha feminina, de 33mm de diâmetro. Super-pagáveis, estes modelos estão em torno a € 150.

a entrada da loja do Marco 

Entre os clássicos masculinos, Marco oferece aos clientes diferentes linhas da Louis Erard, também suíços. Esta marca foi fundada em 1931 e baseada no princípio que rege os relógios suíços, onde cada um possui um mecanismo totalmente mecânico, isto é, cada um é quase um pequeno "ser".

alguns relógios da sua vetrine, modelos femininos e o lindo Mondaine

Louis Erard se orgulha de ser um fabricante de relógios ultra-tradicional e de ter uma linha de relógios de alta precisão e de design variado que vai do clássico ao ousado, por preços não excessivamente altos.

modelos clássicos masculinos 

Outra marca privilegiada por Marco é a Citizen, talvez a marca mais importante de relógios fora da Suíça.

A sede da Citizen fica em Tokio, e iniciou suas pesquisas 100 anos depois da fundação das casas suíças, ligada à tradição de produzir as próprias peças para garantir um produto excelente, mas com a proposta de chegar no maior número de pulsos possível, daí também o seu nome, que significa "cidadão", em inglês.

modelos esportivos masculinos

Desde 1976 a Citizen já realizava modelos ecológicos, com um foco no meio-ambiente; neste momento Marco nos apresenta a coloridíssima linha SmileSolar Series, relógios que não precisam de nenhuma manutenção e são movidos inteiramente à luz solar.

 
Citizen movido a luz!

Como já vimos muitas modas de relógios coloridos, esperamos que essa pegue, pois pensamos que tudo o que contribua para a vida saudável do nosso planeta merece a nossa atenção e apoio!

Modelos masculinos com gosto super-moderno

Também com 100 anos de "atraso" em relação às casa suíças, nasceu a italiana Lorenz, com a intenção de unir a precisão suíça com a criatividade italiana; essa marca de relógios pode ser considerada um dos grandes precursores do famoso "made in Italy", junto com a Vespa e a famosa Fiat Cinquecento!

Modelos Citizen masculinos esportivos 

O resultado é um produto que consegue ser tradicional, mas sem ser convencional, para quem aprecia o made in Italy e gosta de estilo.

Excelente seleção de Lorenz

#ficaadica para apaixonados por relógios ou simplesmente para quem deseja comprar um presente inesquecível em Roma com a ajuda de alguém que entende de relógios!

Casa del Cronometro
Laboratorio di orologeria dal 1965
Assistenza e vendita
Certificato di garanzia e autenticità 
Via Silla, 80
00192 Roma
Tel.: 06 32 10 971